3 (três) razões para se ter um advogado em sua empresa dentro ou fora da crise

3 (três) razões para se ter um advogado em sua empresa dentro ou fora da crise

2 de outubro de 2017 0 comentários

 

Queridos leitores, meu nome é Julio Cesar de Toledo Mengue e iremos prosseguir juntos, semanalmente, aqui no Jornal Terceira Visão de Valinhos através da elaboração semanal de um conteúdo informativo jurídico bacana que será direcionado especialmente a você.

Nesta semana abordarei um assunto muito interessante que muitas pessoas se questionam, por decorrência do momento atual de nosso país, diante da forte crise política e consequentemente econômica que enfrentamos e ainda temos que lidar com a inabalável onda de desemprego que nos assola além das significativas e intensas reformas legislativas em nosso ordenamento jurídico como, a título de exemplo, a reforma trabalhista, já aprovada, e a reforma previdenciária, em vias de aprovação.

Diante de tudo isso eis que nos perguntemos: E agora? Como iremos fazer para retomar as rédeas de nossas vidas e como conseguiremos sobreviver diante do aumento dos custos de vida e a diminuição da capacidade econômica própria, do negócio ou familiar? Pois bem! Não precisa se desesperar. Isto porque você não está sozinho nesta batalha, você tem o Direito (em sentido técnico) para lhe amparar e lhe darei 3 razões para repensar a necessidade de se ter um advogado em sua empresa.

Não obstante todo o cenário descrito acima, é muito comum se verificar que, ao final do mês algumas contas acabam ficando para trás, ou ainda, que há alguma intercorrência que exige um desprendimento pecuniário imediato como um pneu furado, um medicamento mais caro, um desligamento de funcionário inesperado, o pagamento de um novo tributo ou ainda o pagamento daquele empréstimo, etc.

Então conforme prometido é de suma importância lhes informar que o primeiro passo para o amadurecimento ou manutenção de seu negócio, durante a crise e posterior a ela, se dará através do investimento pelo empresário na contratação de um escritório de advocacia de confiança de sua empresa, para que estes o auxiliem no desenvolvimento da atividade empresarial.

Isto porque os advogados possuem expertise para identificação das fraquezas da empresa tais como gastos em potenciais ou abusivos de modo a possibilitar ao empresário alternativas jurídicas efetivas para a solução de problemas do seu negócio, seja de ordem pessoal (RH), financeiro, comercial, bancário, consumerista, tributário, previdenciário, etc. Através da legislação vigente em nosso país.

A título de exemplo, o Advogado poderá afastar cobranças indesejadas, rescisões contratuais, participar de negociações visando o melhor interesse do cliente, gestão de afastados previdenciários, renegociações de dívidas, intermediações de acordos, realização de cobranças extrajudiciais ou judiciais, dentre milhares de outras coisas.

Isto significa que os serviços de um advogado ou escritório de advocacia, alinhado com os objetivos e missão de sua empresa, podem lhe garantir o sucesso da empresa e, consequentemente o afastamento do Fracasso.

Em ato seguinte, temos a segunda razão que se faz pertinente dizer neste momento, ou seja, junto de um profissional jurídico especializado, o empresário poderá verificar benefícios de ordem prática financeira, por exemplo: menores juros, isenção de tributos, diminuição de custos ou aumento da renda através de recebíveis, de modo a gerar a possibilidade de expansão do negócio dentro da própria crise, afinal é na crise que se tem as melhores oportunidades.

E por fim e não menos importante, a terceira razão para se ter um advogado junto de você e sua empresa é que isto lhe proporcionará maior confiança para seguir adiante neste mercado tão competitivo, de modo a inspirar no segmento que atua mais respeito, organização e seriedade na atividade explorada, alavancando o patamar e valores de seus serviços e da sua marca através de uma boa representação.

Diante de todo o exposto, procure um advogado ou escritório de advocacia de sua confiança para a realização do acompanhamento de sua atividade empresarial e veja na prática estes e tantos outros benefícios que o Direito pode lhe garantir.

Para encerrar os convido para encaminhar dúvidas, sugestões de temas que gostariam de ver por aqui, elogios ou críticas para redação@jtv.com.br com o Título: Coluna Jurídica, (subtítulo: Dúvida, sugestão, elogio ou crítica) Jornal Terceira Visão. que responderei com a maior satisfação e presteza.

Até semana que vem.

 

Sobre Julio Cesar de Toledo Mengue

Julio Cesar de Toledo Mengue é fundador do escritório MENGUE ADVOGADOS. Advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, seção São Paulo, diplomado pela Universidade Paulista no ano de 2016 e Pós-Graduado em Direito Previdenciário pela Faculdade LEGALE no ano de 2017. É Comentarista e Escritor verificado (certificado) em um grande site jurídico Jus Brasil desde 2013, com mais de 20 artigos publicados em diversas áreas jurídicas, reconhecidos nacionalmente. Possuí cursos de atualização em Direito Imobiliário – FGV, Direito do Consumidor – ILB/ANATEL, Direito Tributário – FGV e Direito do Consumidor – INTRA.

 

Para acesso a outros artigos acesse:
www.mengueadvogados.com.br
https://jjuridicocps.jusbrasil.com.br

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.