Bairro Colina dos Pinheiros recebe obra de reparo asfáltico em Operação Tapa-Buracos

Bairro Colina dos Pinheiros recebe obra de reparo asfáltico em Operação Tapa-Buracos

11 de janeiro de 2018 0 comentários

Asfaltamento e reparo seguem cronograma anual

        IMG_5269-ok-R-Salim-PedroAs ruas do Bairro Colinas dos Pinheiros passaram por reparos asfálticos nesta quarta-feira (10), previstos na Operação Tapa-Buracos. Ao todo, foram utilizadas sete toneladas de asfalto em várias vias, como a Rua Dyonisio Capovilla (Bijú). Os trabalhos de recapeamento, realizados pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos, obedecem ao cronograma anual.

         Entre as vias que receberam o benefício estão também as ruas Salim Pedro (sem saída), Armando Pedro, Carlos Ormenese e outras do bairro. Segundo a equipe que estava no local, os trabalhos começaram no início da Rua Orozimbo Maia, próximo ao DAEV (Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos).

         “Faz tempo que a rua precisava de reparos. Fica perigoso para os moradores porque os carros desviam dos buracos”, disse a moradora Nilda Maria da Silva, 42 anos, que reside no local há 12 anos. Para ela, os reparos realizados no início da Dyonisio Capovilla eram essenciais.

         “O movimento aqui é grande. Passa ônibus, caminhão e muitos veículos”, afirma a moradora Sônia Maria Lopes Pena, 43 anos, 20 dos quais residindo no bairro. Outra que também aprovou o reparo foi a moradora Maria Madalena Pereira Oliveira, 58 anos, também residente há 20 anos no local.

         Cronograma – A Secretaria mantém um cronograma anual para realização de obras asfálticas na Operação Tapa-Buracos. Cada dia, uma equipe, composta por um motorista e três ajudantes, faz reparo asfáltico em um bairro ou dão continuidade ao trabalho. Cada caminhão tem capacidade para sete toneladas de asfalto.

No cronograma também está previsto a utilização de uma equipe com uma perua preparada para tapar buracos isolados nas ruas e avenidas.

         O cronograma só é interrompido temporariamente em casos de surgimento de obras grandes e emergenciais, retornando as atividades assim que se conclui o serviço.

         Desde o ano passado, equipes da Prefeitura já utilizaram 1.022 toneladas de asfalto, o que representa um gasto de R$ 229.305,00. O município adquiriu 1800 toneladas. Ou seja, tem ainda mais 778 toneladas para os próximos meses.

         Investimento – A Prefeitura prepara um pacote de ações para recuperar as ruas e avenidas da cidade. A Pasta acertou 11 convênios e parcerias com o Governo Federal para obras nos pontos com maiores problemas. A expectativa é de recapear 124 mil metros quadrados de vias, com investimentos de R$ 6 milhões.

Dos 11 convênios, sete estão na fase final para a liberação dos recursos. Os outros quatro estão assinados e só dependem de uma avaliação dos técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF) para serem liberados.

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.