Em véspera de feriado sessão acaba com tumulto e gritaria

Em véspera de feriado sessão acaba com tumulto e gritaria

9 de setembro de 2016 1 comentário

A última sessão legislativa foi mais ágil do que o normal, mas, no fim, uma confusão generalizada tomou conta do plenário durante a fala do vereador Giba, que, segundo o parlamentar Lorival, não poderia acontecer por, segundo ele, não estar inscrito para falar. Veja transcrição abaixo do trecho polêmico

Giba: Ouvindo aí vereadores que apoiam este governo, parece que temos uma cidade totalmente em ordem. Que durante estes quatro anos foi uma cidade muito bem administrada, mas como foi citado aí algumas referências sobre aquilo que este governo pouco vem fazendo, gostaria de citar aquilo que foi feito de forma equivocada e errada. Sobre a questão do transporte público, eu entendo que deveria ter sido feito de fato algum tempo atrás. Aprovamos o projeto que aprovava a concessão em 2014, passou-se 2015 e nada foi realizado.

Valinhos hoje, como nós sabemos, tem uma dívida de curto prazo ocasionado por essa gestão de quase 100 milhões de reais, ou seja, o que vai acontecer? A próxima gestão vai ficar engessada para mais investimentos, vai ser difícil investir na cidade, pois está ficando uma dívida absurda. A gestão passada deixou 24 milhões em oito anos. Essa em 4 anos vai deixar mais de 100 milhões de reais. Vejam: mais de 100 milhões em curto prazo! Talvez não esteja havendo seriedade com o dinheiro público neste momento.

Terceirizaram e privatizaram o pronto atendimento da UPA, transformando a UPA num cabide de emprego e de qualidade duvidosa a um custo exorbitante. Hoje há longa espera para realização de exames, 40 dias para sair o resultado de um exame de sangue a dois meses, exame de ecocardiograma a espera é de  7 meses. Então, eu acredito que esta gestão não está essa maravilha como diz os vereadores deste governo.

Paulo Montero: Questão de ordem presidente, só um minutinho.  O vereador Giba, eu acho que não estava inscrito na explicação pessoal.

Dr. Orestes: Estava sim, mas eu me esqueci de anotar. Estava inscrito sim, vereador!

Existe falta de medicamentos constantes nos postos de saúde. Faltou psicólogos para crianças no CEMAP eram 6 de 2014 para cá ficaram 3 psicólogos, foi se contratar agora há pouco tempo atrás, um mês. Sucateou a fisioterapia municipal, hoje temos uma fisioterapia sucateada municipal. Prometeu mutirão da saúde não o fez e era promessa de campanha fazer o mutirão da saúde e não o fez.

Temos uma demora de oftalmologista, sempre houve mais se prometeu a um mutirão e não aconteceu. Prometeu 30 horas para a enfermagem também não aconteceu. Diminuíram o tempo de crianças nas creches municipais prejudicando a renda de muitas famílias, contrariando o Plano Nacional da Educação. Deixo de dar várias roupas de cama das creches, deixou de lavar roupas de camas 11 mil reais ao mês. Superfaturamento da merenda escolar, objeto de delação primada na operação Alba Branca. Falta de frutas e falta de qualidade na merenda escolar, isso propagado pelos quatro cantos pelos pais dos alunos.

Lorival: Questão de Ordem Presidente

Giba: Deixa eu falar vereador. O que é isso?

Lorival: Não é isso. É que quando o vereador Paulo cobrou o senhor.  O vereador Giba estava fora do plenário e voltou depois que o Edson Manzano acabou a colocação, ele não estava aqui para se inscrever.

(vários falam ao mesmo tempo …)

Giba: Eu me inscrevi antes

Paulo Montero: Se o senhor pediu antes, tinha que ter falado antes do Scupenaro e do Lorival

Orestes: Deixe o vereador concluir.

(vários falando ao mesmo tempo novamente …)

Giba: Valinhos não teve, nos últimos quatro anos, uma creche construída. Não teve a competência de terminar a escola do Cocais. Gastou milhões em shows na Festa do Figo deixando de investir em outras prioridades, aprovou 16 condomínios residenciais em pleno racionamento de água, não investiu na melhoria de iluminação pública, não cumpriu o decreto de redução de despesas, vindo a utilizar todos os cargos comissionados. Fizeram IPTU premiado de meio milhão de reais sem planejamento e totalmente equivocado sem nenhum benefício à cidade.

Lorival: Questão de ordem, sr. presidente, já passou cinco minutos. O que é isso?

Edson Batista: Para de falar besteira, vereador

Lorival: Não tem moleque aqui dentro! O senhor não estava presente no plenário quando foi a inscrição.

Giba: A cidade ficou abandonada três anos jogada ao mato e nos últimos seis meses …

(vários falando ao mesmo tempo novamente …)

Dr. Moysés: Acaba com a Câmara, acaba com a Câmara, Dr. Orestes (presidente na ocasião)!

Orestes: Vereador Giba, conclua.

(tumulto geral e fim da sessão)

 

1 comentário até agora

Ir para uma conversa
  1. Basilio
    #1 Basilio 10 setembro, 2016 , 15:58

    Valinhos sempre foi e sempre será uma várzea oligárquica comandada pela máfia vermelha.

    Responder este comentário

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.