Caos em cruzamento da Av. Invernada pede estudos de trânsito

Caos em cruzamento da Av. Invernada pede estudos de trânsito

29 de setembro de 2017 0 comentários

Intenso fluxo de veículos e falta de sinalização causa transtorno aos motoristas em cruzamento da Rua Carlos Penteado Stevenson

 

A falta de semáforos posicionados no cruzamento da Av. Invernada e a Rua Carlos Penteado Stevenson, no bairro Chácara Silvânia (prox. à EMEB Padre Leopoldo Van Liempt) é reclamação antiga tanto de moradores da região quanto do comércio local. Motoristas de ônibus também pedem mais atenção da Secretaria de Transportes e Trânsito de Valinhos à necessidade de intervenção no cruzamento, que fica ainda perigoso nos horários de pico (pela manhã e ao final da tarde).

Maria Cristina, 50, trabalha no Shopping Valinhos e passa de carro todos os dias pelo trecho. Pela Carlos Penteado descem ônibus e carros vindos da região central e da Av. Invernada, um intenso fluxo de veículos de ambos os sentidos. “Por volta das 18h, quando estou voltando do meu intervalo, é o pior horário, pois é saída do Colégio Porto Seguro e os carros se engarrafam na Invernada, tornando tudo mais caótico. Como não tem semáforo no cruzamento, a gente depende da boa vontade das pessoas pra conseguir sair do lugar”, conta à reportagem.

A falta da sinalização aumenta também o risco de acidentes no local. O posto de gasolina, logo na esquina do cruzamento, faz com que a movimentação de veículos seja ainda mais problemática e desorganizada sem os necessários semáforos. “Cada um faz o que quer”, completa a farmacêutica.
Solução à vista?
Segundo a Prefeitura de Valinhos, a Administração municipal tem um projeto para sinalizar o local. Ainda, a PMV afirma que a Secretaria de Transportes e Trânsito já pediu pequenas obras para a Secretaria de Obras e, em breve, o local estará sinalizado para dar segurança para motoristas e pedestres.
Como nenhum prazo foi dado, a reportagem segue de olho nas alterações da Av. Invernada. Os que transitam pelo local, moradores de Valinhos ou não, aguardam a bem-vinda melhoria (e não é de hoje).

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.