Delícia que derrete

Delícia que derrete

22 de setembro de 2017 0 comentários

Amanhã, dia 23 de setembro, é comemorado o Dia do Sorvete, uma das sobremesas mais apreciadas no mundo, ainda mais nesse calor

 

O sorvete é uma grande paixão nacional, ou melhor, mundial! Seu primeiro relato aconteceu há mais de três mil anos com origem no Oriente, quando os chineses misturavam pasta de arroz com neve ou frutas gerando algo bem próximo do que hoje conhecemos como raspadinha. Já no século XIV, Marco Polo, voltou do Oriente e trouxe uma receita para fazer sorvete de água, muito apreciado até hoje.

Em 1851, nos Estados Unidos, o leiteiro Jacob Fussel fundou, em Baltimore, a primeira fábrica de sorvete, produzindo-o em grande escala. O modelo foi copiado para Washington, Boston e Nova York. Também nos EUA, em 1879, nasceu a primeira versão da casquinha.

Já no Brasil, a primeira sorveteria surgiu em 1835, quando um navio americano aportou no Rio de Janeiro com uma grande quantidade de neve e, assim, começaram a vender sorvete de fruta. Como na época ainda não era possível conservar o produto, era preciso consumir na hora e as sorveterias anunciavam a hora certa o consumo. Além disso, o sorvete foi considerado percursor do momento da liberação feminina, já que para saborear o produto era preciso se rebelar contra o padrão vigente pela sociedade e invadir bares e confeitarias, locais, até então, frequentados apenas por homens.

Seguindo a evolução do sorvete, no início do século XX surgiu a primeira taça: o sundae. A delícia teve origem nos Estados Unidos e ganhou este nome porque era servido aos domingos. Após isso, outras taças conquistaram o paladar dos consumidores, como: colegial, hula hula, vaca preta  etc.

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.