Dois novos incêndios florestais em Assis e Batatais

Dois novos incêndios florestais em Assis e Batatais

18 de setembro de 2017 0 comentários

 

Dois novos incêndios tiverem início na sexta-feira (15/09). O primeiro, na Florestal Estadual de Assis, teve início por volta das 12 horas em um canavial da propriedade vizinha e se propagou em área de restauração de cerrado e plantio de eucalipto na unidade. No momento, Corpo de Bombeiros, funcionários do Instituto Florestal (IF) e da Usina de Cana Agroterenas (vizinha) estão em ação para controlar o fogo. Ainda não há estimativa da área atingida.

O segundo novo incêndio ocorre na Floresta Estadual de Batatais, que teve início por volta das 10 horas, já está parcialmente controlado. Foram mobilizados funcionários do IF, da Usina de Cana de Batatais e da Prefeitura de Batatais para a ação de combate ao fogo. Foram atingidos até o momento cerca de 10 hectares, em área de reflorestamento de Pinus.

O Parque Estadual Juquery, em Franco da Rocha, continua o combate ao grande incêndio que assola os últimos fragmentos do bioma Cerrado na região Metropolitana de São Paulo. A situação é critica. A ação, neste quarto dia de combate às chamas, ganhou o reforço da Defesa Civil de Caieiras. Até o momento, foram queimados mais de 150 hectares.

No Parque Estadual Itapetinga, entre Bom Jesus dos Perdões e Atibaia, a situação foi controlada, mas as equipes continuam em alerta, monitorando as áreas, uma vez que o calor ainda é intenso e sem perspectivas de chuva para os próximos dias. O Parque já havia sido castigado por um grande incêndio na semana passada e a possibilidade de novos focos ainda não está descartada. A somatória dos dois incêndios resultou na perda de 260 hectares de vegetação nativa de Mata Atlântica na região.

O incêndio florestal no Parque Estadual Campos do Jordão já estava controlado, mas um novo foco apareceu na tarde de sexta-feira, 15, na Estrada dos Marmelos, próximo à região do Paiol. Funcionários da Unidade de Conservação atuam neste momento para debelar novamente as chamas. Estima-se que uma área de aproximadamente 40 hectares dentro do PECJ já tenha sido queimada.

O incêndio que atingiu as unidades de Mogi-Guaçu  no início da semana (13/9) está controlado. É possível ver alguma fumaça que é decorrente da biomassa seca que ainda está queimando. No momento os funcionários estão mobilizados em limpar os caminhos, manejar as árvores que oferecem risco e restaurar rede elétrica.

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.