Falta de material adia início de obra em trevo em Valinhos

Falta de material adia início de obra em trevo em Valinhos

17 de janeiro de 2018 0 comentários

O início da obra de reformulação do sistema viário da região do Sesi 299, na Rodovia Flávio de Carvalho, bairro Capuava, em Valinhos, foi transferido a pedido da empresa EIC Empresa de Investimento de Campinas – Comércio, Pavimentação e Construção Ltda., contratada para realizar os trabalhos.

A obra deveria ter começado na última segunda-feira (15). A informação da empresa é a falta de material (tubos de drenagem) que deveria ter sido entregue na última semana para o início das intervenções. A expectativa da empresa é de que o material chegue nos próximos dias e os trabalhos comecem imediatamente.

A obra prevê a implementação de um trevo no local, desafogando o trânsito e melhorando o tráfego de quem circula pela região. Atualmente, em horários de pico, os motoristas enfrentam congestionamentos e problemas de lentidão.

No final do ano passado, na mesma região, a Prefeitura inaugurou a Ponte Darci Tordin Lopes, que tinha sido destruída em 2007, e realizou o recapeamento de três vias no entorno. O novo trevo finaliza o pacote de intervenções na área.

Em função da nova obra, algumas ruas na região ficarão interditadas. Toda a área está sendo sinalizada com a indicação dos devidos desvios no trânsito.

A implantação da rotatória tem previsão de duração de dois meses e vai ser executada por empresa contratada pela Prefeitura com a fiscalização da Secretaria de Obras e Serviços Públicos. O custo é de cerca de R$ 324 mil.

A implantação da rotatória envolverá reforço e recomposição da base para aplicação de capa asfáltica, além da instalação de drenagem de águas pluviais. Serão aplicados 3.820 m2 de recape.

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.