Juramento à Bandeira leva cerca de 1,2 mil jovens ao Ginásio Municipal na sexta-feira (29)

Juramento à Bandeira leva cerca de 1,2 mil jovens ao Ginásio Municipal na sexta-feira (29)

2 de outubro de 2017 0 comentários

Solenidade militar foi acompanhada pelos familiares

 

Com a presença de autoridades militares e civis, cerca de 1,2 mil jovens dispensados do serviço militar em Valinhos fizeram o Juramento à Bandeira na sexta-feira (29), no Ginásio Municipal de Esportes Vereador Pedro Ezequiel da Silva. Além do recebimento do Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), houve ainda a entrega de premiação a alunas e direção escolar pelo Projeto Semear – Plantando o Sonho Verde Oliva no Coração das Crianças.

A cerimônia foi conduzida pelo prefeito Orestes Previtale, presidente da 165ª Junta de Serviço Militar, da 4ª Delegacia de Serviço Militar, da 14ª Circunscrição de Serviço Militar (CSM), e pelo 1º Tenente Matheus Dias Maier, delegado de Serviço Militar, representando a 14ª CSM. Em seu discurso, o prefeito lembrou da importância da família, da cidadania e do patriotismo.

“O compromisso de hoje traz o dever, mas também o direito à cidadania”, completou. Já o 1º Tenente reforçou o amor à Pátria pelo resgate de valores. “Se queremos bons homens, precisamos resgatar valores. Devem servir à Pátria sendo bons filhos, cidadãos, estudantes, maridos”, exemplificou.  A solenidade foi ainda acompanhada pelo Tenente-Coronel, Marcos Henrique Mendes de Arruda.

Já a vice-prefeita, Laís Helena, afirmou que a cerimonia transmitia emoção, pela energia emanada dos 1,2 mil jovens. “Vocês têm um compromisso com a sociedade”, afirmou. Apesar de dispensa, a obrigação militar continua até completar 45 anos (Decreto nº 57.654, de 20 de janeiro de 1966, que regulamenta a Lei do Serviço Militar).

Cerimônia – Além da premiação da direção das escolas EMEB Prefeito Jerônymo Alves Corrêa e a EMEB Cecília Meireles e as melhores redações das alunas Raissa Renak Martins, 6ª A, e Lívia Mell, da 6ª A, respectivamente, a solenidade contou a entrada das bandeiras, pelas guarda-bandeiras da GCM (Guarda Civil Municipal), a execução do Hino Nacional e da cidade e entrega simbólica do CDI.

“O recebimento do CDI é muito importante porque está ligado à nossa vida”, explicou Leonardo Delbone Dalben, 17 anos, referindo-se aos impedimentos para quem não recebe o documento, tais como impossibilidade de tirar título de eleitor, assumir cargos públicos, fazer viagens fora do País e outros. Outro que compartilhou da mesma ideia foi Matheus Caetano dos Santos, 18 anos. “O CDI permite que continuemos com nossas vidas”, acrescentou.

As famílias acompanharam atentas das arquibancadas do Ginásio Municipal. Estiveram presentes ainda na solenidade secretários, vereadores e autoridades da área de segurança pública.

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.