Dois tipos de insulinas deixarão de ser disponibilizadas na rede municipal

Dois tipos de insulinas deixarão de ser disponibilizadas na rede municipal

8 de julho de 2017 0 comentários

Usuários da Lantus e da NovoRapid deverão procurar seus médicos e fazer a substituição dos medicamentos

Na sexta-feira passada, 30, a Prefeitura de Valinhos emitiu nota informando à população sobre o corte de dois tipos de insulina, antes disponíveis na rede municipal. Os medicamentos que deixaram de ser fornecidos são as insulinas Glargina (Lantus) e Asparte (Novorapid). O motivo do corte, segundo a PMV, foi a crise financeira que afeta Valinhos.

jtv_insulina

 

Ainda segundo o comunicado, a Lantus e a Novorapid estão fora da lista de medicamentos determinados pelo Ministério da Saúde, segundo a Portaria Nº2.583/2007.

 

É possível recorrer ao Estado

 

A Prefeitura orientou os pacientes que fazem uso contínuo destes medicamentos a consultarem seus médicos e discutirem sua substituição por outros que fazem parte da cesta de remédios disponíveis na rede pública municipal. Os que, comprovadamente, não conseguem manter a glicemia em valores adequados com o uso de insulinas regulares oferecidas pelo Sistema Único de Saúde são orientados a requerer os mesmos à Secretaria de Estado da Saúde, que fornecerá os medicamentos.

É importante ressaltar que, na maioria dos casos, a Lantus e a Novorapid, os dois tipos de insulina que foram cortados, podem ser substituídos pelas que continuarão disponíveis na rede pública.

jtv_insulina_2

 

Fora da listagem do Ministério da Saúde

 

Ao todo o município fornecia essas insulinas especiais a 250 pacientes por meio de relatório socioeconômico. Elas eram compradas pela Prefeitura, pois não constam da lista de medicamentos padronizados fornecidos pelo Ministério da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde.

 

O Ministério da Saúde determina que sejam disponibilizados na rede do Sistema Único de Saúde, destinados ao monitoramento da glicemia capilar dos portadores de diabetes mellitus, nos termos da Lei Federal nº 11.347 de 2006, os seguintes medicamentos:

 

Glibenclamida 5 mg comprimido; Cloridrato de metformina 500 mg e 850 mg comprimido;  Glicazida 80 mg comprimido; Insulina humana NPH – suspensão injetável 100 UI/mL e Insulina humana regular -suspensão injetável 100 UI/mL.

 

Destas, as destacadas são insulinas. Conforme a tabela abaixo, existem quatro principais tipos de insulinas, sendo cada um deles mais ou menos indicado para a condição e necessidade de cada paciente. Quem determina qual tipo o medicado irá utilizar será o médico, que deverá acompanhar o quadro e ajustar o remédio ao paciente.

 

Seu uso, portanto, é individual e nem sempre se acerta de primeira. Esta, portanto, é a maior desvantagem da interrupção no fornecimento de ambos os medicamentos (Lantus, de longa duração, e Novorapid, de ação ultrarrápida) aos usuários: normalmente, o paciente demora a se acostumar e adaptar ao remédio – e agora terá de fazê-lo. Apesar disso, a substituição não tem riscos imediatos para a saúde do usuário.

Corte por necessidade financeira

“O município conseguiu fornecer esse benefício por alguns anos, mas atualmente não consegue mais devido à crise financeira”, afirmou o secretário da Pasta, Nilton Sergio Tordin, acrescentando que praticamente nenhum município da Região Metropolitana de Campinas fornece insulinas especiais, com exceção de mandados judiciais.

O fornecimento da Glargina (Lantus) e Asparte (Novorapid) era efetuado no Centro de Especialidades de Valinhos (CEV) onde os pacientes interessados podem se dirigir para receber orientações gerais para requisição do medicamento junto à Secretaria Estadual de Saúde. As insulinas padronizadas estão disponíveis em todas as farmácias das Unidades Básicas de Saúde

 

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, a compra das insulinas especiais custava mensalmente quase R$46 mil. Este valor passará a ser utilizado para o mantimento da lista de medicamentos padronizados, para a atenção básica em saúde no município. Essa lista é composta de 159 itens e teve a inclusão de mais 14 remédios na última compra.

 

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.