Show do Picanha de Chernobill terá teste de novo app e público decidirá o cachê da banda

Show do Picanha de Chernobill terá teste de novo app e público decidirá o cachê da banda

11 de setembro de 2017 0 comentários

Aplicativo GIG funcionará como chapéu virtual para que público possa contribuir com a banda. Apresentação será nesta quinta-feira (14), às 18h, durante o evento Cubo Conecta, que comemora o aniversário de 2 anos do Cubo Coworking Itaú.

 

Cubo Conecta, evento que comemora os dois anos do Cubo Coworking Itaú, receberá uma novidade que pretende transformar a ocupação urbana através da música. É o GIG, plataforma digital pioneira em conectar artistas, fãs e marcas, que será demonstrado na festa de encerramento do evento desta quinta-feira (14), em São Paulo – SP.

A demonstração do aplicativo será feita durante o show da banda Picanha de Chernobill, sucesso em apresentações pela capital paulista. A novidade é que o próprio público decidirá o cachê da banda. A lógica é a seguinte: cada espectador que baixar o app GIG (iOS ou Android) durante o evento receberá R$ 10,00 para contribuir com a banda como se fosse um chapéu virtual.

 

A plataforma GIG

Além de uma grande agenda de shows e festas, o GIG é uma plataforma que conecta fãs, artistas e marcas por geolocalização e transforma todo e qualquer lugar em palco. Tudo é Palco!

Um contratante disponibiliza um cachê em algum local de interesse e os músicos comparecem ao local para recebê-lo. Para isso, deverão se apresentar no local e atrair os fãs para que estes possam destravar o valor disponibilizado.

As contribuições só funcionam quando se está assistindo ao show ao vivo. As bandas e os cachês podem ser encontrados a partir de um sistema de geolocalização. A contratação pode ser feita por qualquer um: fãs, palcos ou marcas.

“A plataforma é um incentivo para músicos e fãs ocuparem as ruas, praças, parques, qualquer lugar… As contribuições poderão ser financiadas por marcas interessadas em promover locais e campanhas estratégicas e se conectar com os fãs de uma maneira legítima”, explica Marcelo Beraldo, criador do GIG.

“Estamos criando uma ferramenta para que contratantes atraiam pessoas para um determinado local pelo poder de aglutinação da música ao vivo”, completa. Após as contribuições, o app mostra uma mensagem de agradecimento aos fãs.

Embora esta seja a primeira apresentação do GIG em uma ação deste tipo, a plataforma já foi utilizada em várias outras ações semelhantes no Mirante 9 de Julho e outros eventos que ajudaram a aprimorar o seu desenvolvimento.

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.