“Valinhos carece de cultura”, afirma secretária Ângela Giardelli

“Valinhos carece de cultura”, afirma secretária Ângela Giardelli

13 de Fevereiro de 2017 0 comentários

Segundo funcionários do Centro Cultural Vicente Musselli, o local foi esquecido pela antiga administração

Na última terça-feira, 07, a reportagem esteve no Centro Cultural Vicente Musselli, localizado na Rua Piratininga (Jardim Bela Vista). Em conversa com a secretária de Cultura Ângela Giardelli, a reportagem apurou falhas na infraestrutura do prédio, entregue pela antiga administração, segundo a mesma, “em péssimas condições”. O antigo Centro, localizado na Av. Joaquim Alves Corrêa, já conhecido pela população, ainda está funcionando e oferece dois dos vinte e três cursos disponíveis: dança e teatro.

O Centro

O Centro oferece hoje 23 cursos gratuitos nas áreas de música, teatro, artes plásticas e dança, que ministra para seus mais de 2000 alunos matriculados. Na semana passada, 1500 vagas foram liberadas e preenchidas. O interesse da população é tamanho que a lista de espera chegou a 560 pessoas. Após desistências, a secretaria de Cultura conseguiu abrir mais 300 vagas, que estão sendo preenchidas.

Os interessados em ingressar em algum dos cursos disponíveis devem comparecer ao local munidos de foto, RG, CPF e comprovante de residência. Os cursos são gratuitos e permitidos a todas as idades, a partir de 7 anos.

Prédio novo apresenta problemas

De acordo com Ângela, o novo prédio não teve a devida preparação antes de ser entregue. O local, onde antes funcionava o Sesi 299, tem problemas na parte hidráulica, elétrica e logística. “Tenho que manter os dois prédios funcionando. Isso gera despesas de servidor, dupla mão de obra”, enfatiza a secretária.  O local sofre de infiltrações, o que deixou dois banheiros interditados. Nessa mesma parte do prédio, o forro do teto está parcialmente destruído. A secretária também enfatiza a desatenção ao piso das salas de dança, inadequados, que precisarão ser substituídos.

Além disso, alunos que tenham aulas nos dois prédios têm maior trabalho, pois tem que migrar de um local ao outro.

“Valinhos é uma cidade carente de cultura”, afirma Ângela

Segundo a secretária, seu objetivo maior é resgatar o fomento pela cultura em Valinhos, coisa que, em suas palavras, não estava sendo feito anteriormente. “Quero resgatar a cultura do município. O foco aqui é o ser humano”, enfatiza.

A reportagem conversou com pelo menos três funcionários que trabalham no Centro de Cultura Vicente Musselli desde a administração passada. Foi unânime entre eles que o local não recebia a devida atenção e que a postura da nova secretária é bem diferente do que a de seu antecessor. Para fazer “o bonde andar”, entretanto, Giardelli afirmou que precisa de apoio e verba destinada.

 

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.