Valinhos e Estado preparam pacote de investimentos em Infraestrutura e Educação

Valinhos e Estado preparam pacote de investimentos em Infraestrutura e Educação

1 de setembro de 2017 1 comentário

Previsão é de verbas para recuperação asfáltica, pavimentação de ruas e criação de polos educacionais

O prefeito de Valinhos, Orestes Previtale, e o vice-governador de São Paulo, Márcio França, se encontraram terça-feira (30) no Palácio dos Bandeirantes para discutir investimentos em Infraestrutura e Educação na cidade. Dentro do pacote de recursos que devem vir para o município estão previstas verbas para recuperação asfáltica e pavimentação. A Prefeitura e o governo estadual também articulam parcerias para a instalação de polos da Universidade Virtual de São Paulo (Univesp) e da Escola de Técnicas de Economia Criativa (Etecri) em Valinhos.

O Executivo de Valinhos apresentará ao governo do Estado até o final do ano a primeira parte do projeto de recuperação asfáltica, que deve abranger áreas com maior fluxo de veículos. A estimativa é que a esta primeira fase custe R$ 8 milhões.

 “Nosso objetivo com a visita foi buscar auxílio para ampliar a nossa capacidade de investimento. Com o orçamento de Valinhos no limite, parcerias como essa são fundamentais para as demandas mais urgentes”, disse Previtale.

“Nosso objetivo com a visita foi buscar auxílio para ampliar a nossa capacidade de investimento. Com o orçamento de Valinhos no limite, parcerias como essa são fundamentais para as demandas mais urgentes”, disse Previtale.

A segunda etapa do projeto incluirá regiões que ainda não têm pavimentação. “Nosso objetivo com a visita foi buscar auxílio para ampliar a nossa capacidade de investimento. Com o orçamento de Valinhos no limite, parcerias como essa são fundamentais para as demandas mais urgentes”, disse Previtale.

Márcio afirmou que Valinhos pode contar com o governo de São Paulo. “Nós vamos encontrar a fórmula para ajudar a Prefeitura de Valinhos na pavimentação, principalmente na região industrial e no Centro”, disse.

 

Univesp – Valinhos e Estado também iniciaram a negociação para criação de um polo da Univesp na cidade. A Universidade, criada em 2010, oferece vagas semipresenciais para cursos de Engenharia de Produção; Engenharia da Computação; Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Biologia; Licenciatura em Física; Licenciatura em Química e Pedagogia. Apesar de ser voltada ao ensino à distância, mais de 80% do corpo docente da Univesp são de professores da USP. A instituição tem ainda mestres da Unicamp e Unesp.

Neste semestre, foram mais de 16 mil aprovados no vestibular da instituição, que está em expansão. Morungaba, na Região Metropolitana de Campinas, foi a última cidade a receber uma unidade da universidade no Estado.

“A Univesp surge como mais uma alternativa de qualidade para a formação de jovens de Valinhos. Para nós, uma unidade da instituição seria importante para qualificação da mão de obra da cidade, principalmente em áreas carentes, como a Educação”, afirmou o prefeito.

Junto com a Univesp, o município deve receber também uma unidade do Etecri, um espaço de ensino voltado a cursos de curta duração de economia criativa. O objetivo é promover o desenvolvimento de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade. Estão na lista do Etecri cursos como Designer de Sobrancelha, Barista e Entrelaçamento de Bijuterias.

1 comentário até agora

Ir para uma conversa
  1. Alex Barbosa
    #1 Alex Barbosa 2 setembro, 2017 , 12:24

    O Ensino a Distância está crescendo a cada ano e muitas instituições passaram a aderir ao EAD. Segundo o Censo de Educação Superior, houve um aumento de 20%, de 2015 para 2016, nas inscrições no ensino superior à distância. Para cursos de curta duração, o site https://cursoonlineead.com.br tem demonstrado que o mercado de cursos online abrange todas as áreas do conhecimento. É a educação evoluindo!

    Responder este comentário

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.