Vereadores demoram mais de duas horas para tomar posse e eleger o presidente

Vereadores demoram mais de duas horas para tomar posse e eleger o presidente

6 de janeiro de 2017 0 comentários

Vereadores demoram mais de duas horas para tomar posse e eleger o presidente

Os 17 novos vereadores compareceram na manhã de domingo, 1º, para a posse da legislatura que vai até 31 de dezembro de 2020. A cerimônia foi realizada na Câmara Municipal e contou com plateia cheia, onde estavam amigos e parentes dos eleitos. O prefeito eleito, Orestes Previtale, e sua vice, Laís Helena, também estiveram no local, onde chegaram a fazer m discurso. Primeiro falou Laís, que exaltou a força da mulher na política e contou um pouco de sua história. Logo depois, foi a vez de Orestes assumir o microfone, e, num discurso rápido, afirmou que sua administração será focada no trabalho para que a cidade volte a crescer.

Em seguida foram feitas as posses e aberto espaço para que os vereadores fizessem um breve discurso. Dois deles chamaram a atenção. O de Dalva Berto ficou marcado pela longa duração. Enquanto seus companheiros não ultrapassaram os quatro minutos, Dalva falou por quase dez minutos, muitas vezes repetindo partes já ditas antes. O segundo destaque ficou com Mauro Penido, que disse se sentir ofendido pelo fato de que Orestes e Laís já não estivessem mais na Câmara, uma vez que tinham se dirigido ao Paço Municipal para a cerimônia do Executivo. Para o vereador, tal ato era uma falta de respeito com os companheiros, por todos tinham uma mensagem para passar ao novo prefeito.

Finalizadas todas as falas, Edson Secafim, que conduzia os trabalhos na manhã, convocou todos os eleitos a se reunirem parra eleger o novo presidente da casa. Com 13 votos foi eleito Israel Scupenaro para presidente, Toloi como 1º vice, Secafim para 2º vice, Mayr como 1º secretário, Caum foi o 2º secretário, César Rocha o 3º e Franklin o 4º. Os vereadores Franklin, Amaral e Popó votaram numa outra chapa presidida por Secafim, e Mauro Penido votou em branco. Encerrada a votação, foi a vez de Scupenaro fazer seu discurso como presidente, onde também destacou o trabalho que precisa ser feito nos próximo anos para melhorar a cidade.

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.