Visita ao COB

Visita ao COB

16 de setembro de 2017 0 comentários

 

Há um tempo atrás fui ao Rio de Janeiro fazer um curso de avaliação funcional, oferecido pelo Comitê Olímpico Brasileiro. O COB está implantando este tipo de avaliação nas seleções de todas as modalidades de forma integrada com as áreas de fisioterapia e preparação física, uma vez que ela serve para vários tipos de movimentos e treinos, inclusive o nosso usual de academia.

Em boa parte das principais equipes do mundo isto já acontece, como é o caso das seleções americanas e chinesas, além dos grandes clubes de futebol da Europa. Vou explicar aqui então, de forma breve, o que é uma avaliação funcional: Trata-se de um método de triagem que avalia dinamicamente padrões de movimentos e assimetrias. É usada para detectar e expor deficiências nos padrões de movimentos.

Uma vez compreendidos, os dados servem de ferramenta para a escolha dos melhores exercícios, seja para a recuperação funcional ou para prevenir o uso de sobrecarga em um padrão disfuncional de movimento. Isso direciona de forma prática alguns padrões de estabilidade, mobilidade e coordenação.

Ou seja: 1 – Não force o movimento quando a mobilidade e a estabilidade estiverem comprometidas. 2 – Teste primeiro o movimento, depois o desempenho. Um movimento disfuncional pode sobrecarregar mais do que gerar uma adaptação positiva.

As avaliações funcionais nos ajudam a observar se articulações estão em posições adequadas para trabalhar com desempenho, além de facilitar a comunicação entre treinadores, médicos e fisioterapeutas.

Para mais informações, acesse: funcionalinteligente.wordpress.com

Nenhum comentário até o momento

Ir para uma conversa

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceiros.