Dia Mundial da Fotografia é comemorado no domingo (19)

Por Thaís Ferrari

Para celebrar o Dia Mundial da Fotografia, datado em 19 de agosto, domingo, e ainda apoiar o trabalho dos profissionais que registram histórias, momentos, emoções, arte e uma infinidade de outros sentidos além das fotos propriamente ditas, fizemos um apanhado das exposições fotográficas e eventos relacionados que estão ocorrendo na região, neste e nos próximos meses.

Como tradicionalmente acontece há 18 anos, no domingo, dia 19, haverá mais uma edição da Caminhada Fotográfica Hercules Florence, com temas de fotografia explanados por coordenadores durante todo o percurso. Os temas consistem em Fotografia de Rua, com Cintia Rizoli e Ricardo Pontes; Mobigrafia (movimento fotográfico que consiste em fotografar e tratar a fotografia com dispositivos móveis) com Gil Caldas; e Fotografia de Arquitetura, com Regina Rocha Pitta e Celso Palermo. A saída será às 8h, do Centro de Convivência Cultural de Campinas, passando por locais como a Prefeitura Municipal, Colégio e Praça Carlos Gomes, Busto de Hercules Florence, Igreja São Benedito, entre outros, culminando na Estação Cultura. A ficha de inscrição está disponível no site www.carlosrincon.com.br, na sessão Caminhada Fotográfica HF 2018.

No dia 21, terça-feira, terá início a Exposição “Aves e suas texturas”, com abertura oficial às 19h, no Restaurante Piola Cambuí, localizado à Rua Ferreira Penteado, 1463 Cambuí – Campinas (SP). O autor da exposição, o fotógrafo amador Ricardo Goulart, apresenta uma reunião de imagens realizadas no Zooparque de Itatiba. As fotos mostram aves, seus detalhes e tamanha diversidade dos animais. Goulart clicou belos animais como a águia brasileira, a Harpia e as araras vermelhas. O trabalho dele pode ser acompanhado na página do Facebook @RicardoGoulartfotografia.

Em comemoração ao aniversário de Campinas, em 14 de julho, o SENAC promove a 6ª edição, intitulada “Campinas em Retrato”, com o tema Diversidade. As 22 fotos apresentam a pluralidade existente nos indivíduos, a contribuição da unidade, e as percepções sobre as diferenças que coexistem nos contextos sociais, políticos, culturais, religiosos, sexuais e étnicos, além de retratar personalidades, cidadãos anônimos e paisagens da cidade. Trata-se de um projeto educacional que envolve os alunos do curso Técnico em Processos Fotográficos da unidade. A exposição está aberta, e vai até dia 31 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 8h às 14h, na Rua Sacramento, 490 – Vila Itapura, Campinas – SP, recomendado para todas as idades.

“Você não fotografa com sua máquina. Você fotografa com toda sua cultura”. (Sebastião Salgado)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA