Professor de zumba fala sobre seu reconhecimento e o sucesso que essa dança vem fazendo na cidade

Por Alef Gabriel

Diego Ricardo veio pra Valinhos com 18 anos e na época trabalhava em uma empresa metalúrgica, porém sempre teve a paixão pela dança desde cedo. Ele conta que decidiu dar um novo rumo para sua vida, deixando seu emprego e entrando em um curso de Zumba, na pretensão de levar a vida com a sua verdadeira paixão: a dança.

O dançarino que há quase cinco anos trabalha como professor de zumba, conta que logo começou a dar aulas e a crescer gradualmente na profissão desde os 26 anos, se aperfeiçoando para estar hoje realizado e levando qualidade de vida para aqueles que precisam. Hoje com 32 anos, Diego é um dos profissionais da Zumba mais reconhecidos da região, e atua dando aulas em sete academias diferentes (Sport Site, Academia Acquamove, Prime Fit Campinas, Academia Corpo&Cia, Studio Arabesque, Academia Let’s, RG.COM Academia e também em um condomínio (São Joaquim em Valinhos). Com agenda totalmente cheia, Diego diz orgulhoso ter mais de 400 alunos, sempre buscando energia para dar o melhor para quem quer praticar atividade física, mas também se divertir.

A Zumba é caracterizada hoje como uma dança, um ritmo latino que mistura descontração com atividade física, muito indicada para aqueles que querem cuidar do corpo, mas não gostam tanto de musculação ou esportes que exijam mais esforço físico. O modelo padrão de uma aula de zumba tem duração em torno de 1h, um professor dinâmico oferece sequências curtas de dança, acompanhadas de músicas inspiradas nas danças latinas como salsa, merengue, samba, mambo e por aí vai. No caso de Diego, além do seu alto astral e seu carisma contagiante, ele inclui nas suas aulas, funk, axé e até sertanejo, ritmos populares que estão em alta e chamam atenção daqueles que querem se exercitar de modo divertido e sem pressão.

Segundo o professor Diego, alguns benefícios que a zumba trás para o praticante são: a queima de 500 a 1000 calorias em uma aula, dependendo da intensidade do treino; por ser uma prática bem alegre, divertida, beneficia a autoestima dos seus praticantes e interação com os outros participantes, tornando uma aula bem social, Diego conta que muitas amizades são feitas dentro da zumba; beneficia a coordenação motora, deixando os reflexos mais rápidos e melhora o equilíbrio. Isso tudo devido aos movimentos da zumba que mistura movimentos rápidos e lentos, variando a velocidade.

Melhora também o sistema cardiovascular, devido aos movimentos de respiração que ocorre durante os exercícios e ajudam a saúde do coração; a zumba trabalha muito os músculos inferiores (músculo da coxa, glúteo e músculo posterior da coxa e panturrilha). A dança é ótima para a memória, pois os passos ensinados pelo professor devem ser lembrados para as próximas vezes; a modalidade faz com que você se sinta em uma festa, momento de se exercitar, mas também de extravasar. A coreografia é fácil de aprender, uma vantagem para que o aluno não se sinta intimidado por não saber dançar, e Diego revela que sempre incentiva e apoia aqueles que são mais tímidos ou tem vergonha, levando-os para experimentar o mundo da dança.

Apesar do sucesso, o instrutor Diego Ricardo diz que seu diferencial é a energia aplicada em cada aula, mas também o contato com os alunos. Claro que o objetivo da aula é se exercitar, mas ele vai além, mais do que professor, Diego se mostra amigo e mostra que a aula de zumba pode ser também um lugar de inclusão e distração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA