Campanhas e eventos buscam recursos em prol do projeto

Por Thaís Ferrari

Em novembro do ano passado deu-se início nas obras do alicerce da Igreja Mãos Ensanguentadas de Jesus (MEJ), que está sendo construída atrás da praça de alimentação da Rede Século 21 (RS21). A obra é grandiosa, de 6 mil m², e atualmente estão na primeira etapa. “Certamente é a maior igreja na cidade de Valinhos. É audacioso, sim, mas é a Divina Providência, Deus quer, e Deus sempre dá aquilo que ele quer”, destaca Pe. Eduardo Dougherty, idealizador da RS21 e fundador da Associação do Senhor Jesus (ASJ).

Diversas ações estão sendo realizadas em busca dos recursos necessários, como a campanha ‘Mãos à Obra’ – específica para a construção da igreja, que envolve tanto os sócios da ASJ – pessoas que recebem a revista Brasil Cristão, quanto os devotos das MEJ, que são aqueles que recebem a capelinha peregrina ou a revista MEJ. Há ainda a possibilidade de doações espontâneas, em conta do Bradesco (Ag: 3389 | C/C: 398.400-1 | Associação do Senhor Jesus).

“Também têm pessoas que não são sócias e nem devotas, mas que quiseram receber o carnê ‘Compromisso do Construtor’, que ajudam por 12 meses seguidos, escolhendo o valor de acordo com o que quer ajudar”, explica Soraya, coordenadora do departamento MEJ. Nesse carnê é possível contribuir nos seguintes valores: R$ 25,00 – um saco de cimento; R$ 50,00 – 25 blocos de cimento; R$ 75,00 – uma barra de ferro; R$ 100,00 – 1m³ de areia grossa (50 latas de 20L). “Tudo é válido nesse momento para alcançarmos o sonho, não temos o valor nem de perto completo da obra, então é passo a passo”.

Obras da Igreja MEJ

O local sempre recebe fiéis do Brasil inteiro, nos programas e pregações religiosas, mas com a proposta de aproximar a comunidade valinhense, realizaram eventos nos últimos meses também em prol da construção da Igreja MEJ. Em maio aconteceu a 1ª Feijoada e em agosto o 1º Almoço Italiano. “Teve um grande evento que foi o lançamento e benção da Pedra Fundamental, com a presença do Dom Airton José dos Santos, em 03 de junho. No dia 24 de junho teve uma solenidade de benção, da campanha de fevereiro, em que enviamos envelopes para os sócios, que colocaram um pouco de terra, café, para que de alguma maneira, lá da casa deles, estejam presentes no alicerce da igreja”, relata a coordenadora. Na ocasião, abençoaram as terras e despejaram nos baldrames e nos buracos do alicerce, “parte do Brasil inteiro”.

De acordo com Pe. Eduardo, a recomendação de construir a igreja foi do Bispo Dom Airton, para a celebração fora dos estúdios e auditórios. A capacidade será de três a quatro mil pessoas sentadas, “estamos fazendo um alicerce bastante forte, com o máximo de segurança, porque é capaz de ter seis mil pessoas; nós sentimos que é a hora de construir a igreja e acreditamos que vamos ter os meios”, completa. Embaixo da igreja haverá um auditório, que oferecerá cursos de formação de comunicação, jornalismo, rádio e TV, além de religião e espiritualidade. “Nós somos uma televisão e podemos treinar pessoas”, define.

Benção das Medalhas de Nossa Senhora das Graças

No dia 25 deste mês, domingo, haverá a benção das medalhas de Nossa Senhora das Graças. “Está em uma etapa inicial da construção, mais baixa, onde vai ser a cisterna e o depósito, que precisa ser mais reforçada, pois vão quatro lajes em cima dela, justamente após três lajes vai estar o altar. Então nos pilares embaixo do altar serão colocadas essas medalhas”, diz Soraya. O restante será enviado aos sócios que fizeram recadastramento. A solenidade será dentro do Programa Louvemos ao Senhor, a partir das 9h. A entrada será 1kg de alimento não perecível. Para agendar a caravana basta ligar no telefone (19) 3871.9620 ou acessar www.rs21.com.br/caravana. No local (Rua João Previtale, 1834, Jardim Alto da Colina, Valinhos-SP) haverá praça de alimentação e estacionamento gratuito.

Diariamente recebem cerca de mil cartas dos devotos das Mãos Ensanguentadas de Jesus, além de e-mails, whatsapp e mensagens nas redes sociais, normalmente com testemunhos e agradecimentos pela novena. Acompanhe todas as etapas da obra, os eventos e campanhas pelas páginas no Facebook @maosensanguentadas e @RedeSeculo21. Também pelos sites www.maosensanguentadas.org.br/ e www.rs21.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA