Integrantes do Pagode da Ofensa

Eros Prado conta que eles têm muitos seguidores na cidade

Por Thaís Ferrari

O grupo de humor Pagode da Ofensa, que inicialmente se apresentava no programa Pânico da Band, desde 2016 tem visitado cidades e eventos para gravar vídeos dos trotes da ofensa e outras zoeiras, publicados na web no canal do YouTube. No segundo vídeo do quadro ‘Pelas ruas do Brasil’, gravado recentemente, visitaram Valinhos e abordaram diversos munícipes com os famosos e improvisados ‘pagodes da ofensa’. A reação do público é variada, alguns acham graça e outros se incomodam, porém quem os conhece faz questão de cumprimentar e se divertem com a situação.

De acordo com Eros Prado, um dos integrantes que mais faz as rimas, estar na web é o único ambiente que possibilita autenticidade, gravam a cada 15 dias ou em eventos pontuais, como o dia do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) com os atrasados, e a Parada Gay. “Valinhos é uma cidade que temos muitos seguidores, e sei que os fãs ficam contentes quando fazemos o que eles desejam”, conta. A atual formação é composta por Eros Prado, Tata, Lele e Xaxa (convidado posteriormente por Eros).

O grupo classifica o humor que promovem como engraçado, “que tira risadas das pessoas, tanto no ao vivo quanto em vídeo”. Além dos vídeos, realizam o “Pagode da Ofensa – O show de Humor”, que reúne stand-up, músicas e improviso com participação da plateia, “um show nunca é igual ao outro, é bem dinâmico e diferente”, relata. O contato com os seguidores é muito ativo pelas redes sociais, “somos bem tranquilos e tentamos ao máximo atender às perguntas dos fãs”, comenta.

Logo Pagode da Ofensa na Web

Sobre as rimas, Eros diz que estão acostumados a fazer piadas com as situações, “não preparamos nada (até porque nunca sabemos o que vai aparecer), é tudo na base do improviso”. No entanto, algumas pessoas que não conheciam o grupo, principalmente no início da atuação, tinham reações inesperadas. “Sempre sobrava um soco ou chute em mim, mas a última situação pode ser acompanhada no ep. “Pagode em Brasília”, em que um ex-deputado bate em minhas partes baixas e no meu rosto por conta de uma musica que fiz pra ele”, relembra.

O trabalho do Pagode da Ofensa pode ser acompanhado pelas redes sociais, no Facebook @pagodedaofensanaweb, no Instagram @pagodedaofensa ou @ erosprado e no YouTube Pagode da Ofensa na Web!. Contatos para show com Giovanna giovannaupproducoes@gmail.com. “Nossa ideia é alegrar o ambiente, divertir as pessoas e nunca magoar. Hoje em dia só pegamos pesado com quem merece (exemplo: os políticos em Brasília)”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA