Estudo contratado em 2005 aponta que para resolver os problemas de enchentes em Valinhos é necessária a construção de inúmeras lagoas de contenção

No ano de 2017 a Prefeitura Municipal de Valinhos executou uma obra de drenagem junto ao córrego da Av. Invernada, próximo ao Clube Atlético Valinhense, e o que se nota é que a erosão e o assoreamento estão aumentando a cada dia. Em alguns pontos, o risco do asfalto romper e cair dentro do córrego são enormes com as chuvas que se aproximam e causar o maior estrago, pois entope para frente e/ou volta.

O vereador Henrique Conti (PV) apresentou na última sessão, um mapa de Valinhos com estudos para combater as enchentes da cidade. O estudo, segundo ele, foi feito no ano de 2005, isto é, há treze anos pela empresa Árbore Engenharia, que fora contratada e paga com dinheiro público para realização dos trabalhos e, na época, apresentou a proposta de criação de lagoas de contenção (vide no mapa os pontos vermelhos), e deixou claro que para resolver o problema das enchentes enfrentadas por Valinhos a solução seria investir nestas lagoas.

Hoje o córrego da Av. Invernada está passando por obras, executadas pela Rota das Bandeiras, porém essa é responsável pela canalização do córrego, e deve terminar até meados de dezembro agora, porém, segundo apontamentos do vereador Conti, com o término da canalização a água vai passar mais rápido e vai desmoronar na frente ou atrás, e quem vai sofrer é o pessoal próximo ao Ribeirão Pinheiros e lá na chegada pela Rodovia Dom Pedro.

O vereador afirma que no estudo realizado em 2005 foi apontada a necessidade da construção de três lagoas de contenção na Av. Invernada, e ele solicitou em requerimento o projeto técnico da atual obra e o cronograma, pois do jeito que está sendo feito não dá para entender as ações. Salientou também que a passagem do córrego pela empresa Unilever continua estreita e sendo assim com a velocidade e com estreitamento do córrego neste local poderá haver enormes estragos durante os períodos chuvosos, e que ainda não existe autorização para obras neste ponto. E concluiu que está muito preocupado, pois o risco de enchentes neste verão, a seu ver, é enorme.

Portanto, este semanário acompanhará a resposta deste requerimento e nas próximas edições buscará informações precisas junto à prefeitura, Rota das Bandeiras e Unilever dos feitos e ações que ainda serão efetuados no local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA