(Foto Reprodução)

Olhar para dentro é o start para a mudança

Por Thaís Ferrari

A chegada de um novo ano traz consigo uma diversidade de sentimentos. Alguns se sentem motivados pela possibilidade de renovação, de fazer diferente, embora outros fiquem imóveis pelo mesmo motivo. A certeza é que mais um ciclo se encerra e com ele a oportunidade de fazer e ser melhor com a vinda de uma nova etapa. A psicóloga Égle Filiaci, 62 anos, a partir de sua experiência profissional, percebe que quando essa época se aproxima, é muito comum as pessoas se sentirem inspiradas e com o desejo de fazer mudança na vida pessoal.

Égle afirma que o encerramento do ano, assim como qualquer outro término – casamento, namoro, faculdade, emprego – desperta na maioria das pessoas o medo do futuro, “que está relacionado com o medo da morte”, explica. Muitos buscam ajuda na psicoterapia, pois surge à necessidade de reflexão, que auxilia nesse processo de controle sob a mudança. “O futuro é um caminho desconhecido. Por isso gera medo. As pessoas ficam amedrontadas. Quando o medo é paralisante, isto é, um impedimento a criarem novas possibilidades, esse é o momento onde recomendo buscarem ajuda psicoterápica”.

A psicóloga esclarece que a terapia favorece as pessoas para que entrem em contato consigo mesmas. Isso se dá pela auto-observação, meditação sobre os desafios, análise sem julgamentos, em prol de encontrar soluções criativas, desenvolver aptidões e talentos. “Através do exame minucioso sobre si mesmo, é possível chegar aos impedimentos que causam as frustrações de não ter conseguido realizar os objetivos propostos na virada do ano. Com o aprofundamento do autoconhecimento, o sofrimento vai sendo compreendido e eliminado, possibilitando restabelecer o poder pessoal. A aprender os princípios fundamentais que regem a vida, como, por exemplo, a autorresponsabilidade, causa e efeito, dar e receber etc. A confiar que a Vida é benigna e que somos nós, os responsáveis para nos fazermos felizes. E vale a pena viver melhor, cada ano que passa”, complementa.

Para isso, Égle contribui com 12 passos para caminhar em direção das promessas do ano novo:

  1. Defina com clareza quais são os seus principais objetivo da vida;
  2. Assuma o próprio controle da vida para criar o próprio futuro;
  3. Analisa as crenças;
  4. Remova os obstáculos;
  5. Libera o potencial e criatividade;
  6. Trace um plano de ação;
  7. Administre bem o tempo;
  8. Medite e reveja diariamente as metas;
  9. Ative o Eu Superior para encontrar novas estratégias;
  10. Realize algo todos os dias;
  11. Persista até conseguir;
  12. Mantenha-se flexível em todas circunstancias.

A psicoterapeuta defende ainda que é indispensável que esses passos estejam alinhados com o compromisso da autorresponsabilidade de ser feliz, além da motivação – o motivo da ação, para correr atrás dos sonhos e metas estipulados. “Isso através do compromisso que se faz consigo mesmo, e o compromisso é como uma mola propulsora – empurra-te para a direção escolhida: tornando-se mais feliz e auto responsável”.

Égle é autora de um programa de autoconhecimento desenvolvido ao longo de sua formação e experiência clínica como psicóloga. Intitulado “Faço Minha Estrela Brilhar!” é realizado em 12 meses e visa favorecer a transformação positiva dos indivíduos e casais, com foco no compromisso, na dedicação e na organização para administrar com sabedoria o progresso em cinco áreas importantes da vida: pessoal, familiar, profissional, financeiro e espiritual. “É um trabalho de autoconhecimento, transformação e aperfeiçoamento que tive a inspiração de idealizar para ajudar pessoas transformarem seus sonhos em realidade.”, completa.

Por fim, Égle deseja boas vindas a 2019 e deseja que seja um ano próspero e feliz para todos. “Caminhe esses 12 meses levando a clareza dos seus objetivos e, a cada mês, faça acontecer, passo a passo, aquilo que possa lhe fazer sentir-se mais satisfeito e feliz”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA