Figos tomam as ruas da cidade em mais uma intervenção urbana do Ocupe.Arte com a proposta de levar arte para as ruas

No próximo sábado, dia 26, o Ocupe.Arte: Valinhos realizará a segunda edição do projeto Salvem Nossos Figos. Mais uma vez os já conhecidos figos pintados por artistas da cidade aparecerão, como “num passe de mágica”, nas ruas, canteiros, orelhões, muros e nos mais diversos locais no centro de Valinhos. Serão distribuídos durante a manhã um total de 28 figos de cerâmica pintados por diversos artistas de Valinhos. A pessoa que os encontrarem verá junto a ele um recado explicando o projeto e que podem ficar com eles, como um presente do Ocupe.Arte, que só pedem para quem achar tirar uma foto e compartilhar nas redes sociais com a hashtag #salvemnossosfigos, assim poderão acompanhar para onde foram essas obras.

O projeto que é parte das atividades custeadas pelo financiamento coletivo do Ocupe.Arte (padrim.com.br/ocupearte), assim como vários outros pequenos projetos feitos por artistas da cidade, tem o objetivo de aproximar e promover encontros entre classe artística, e sua rica produção, e população de Valinhos, que muitas vezes nem conhecem a arte produzida na cidade onde vivem.

O projeto nasceu em setembro de 2018 e foi um enorme sucesso. Essa é a segunda vez que os figos tomam as ruas da cidade em mais uma intervenção urbana do Ocupe.Arte com a proposta de levar arte para as ruas da cidade. Nasceu como uma intervenção artística, com o objetivo de chamar a atenção para a necessidade de preservarmos a cultura da nossa cidade e também de levar mais arte para o cotidiano das pessoas. No dia 22 de setembro 40 figos de cerâmica foram espalhados pelas ruas de Valinhos, todos pintados por artistas da cidade, esperando alguém que os salvassem e os levassem para casa. Eles fizeram sucesso, ficaram famosos e voltaram como obras vendidas no Ocupe.Arte. São desenhos exclusivos, feitos por artistas valinhenses, para quem gostaria de ter uma peça que simboliza a cultura de nossa cidade. Foram vendidos mais de 50 figos, que assim fortaleceram o Ocupe.Arte e ao mesmo tempo geraram renda para os artistas e artesões que criaram as obras.

“Essas iniciativas, gratuitas e criativas, se aproveitam da falta de equipamentos públicos para cultura em Valinhos e propõe soluções inteligentes e divertidas para que, mesmo assim, a população tenha acesso à arte produzida aqui”, diz Tomás Cajueiro, um dos fundadores do Ocupe.Arte. Desde o início vários artistas já participaram do projeto como, Ana Massara, Arlete Luthold, Beatriz Amorim, Carolina Goulart, Claudia Itami, Claudia Madia, Eliete Tordin, Fabio Vieira, Genivaldo Amorim, Jerci Maccari, Melissa Costa, Selma Denardi e Tomás Cajueiro. Os figos em cerâmica são produzidos pelo artesão, também de Valinhos, Aldemir Cândido. Para saber mais sobre o projeto e o Ocupe.Arte acesse o site oficial (www.ocupearte.com.br) e as redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA