A estrela mirim está focada em seu novo projeto, o musical Billy Elliot que estreia em março

Por Alef Gabriel

A jovem cantora Isa Pagnota, de 13 anos, conta um pouco de como sua vida mudou após sua participação no programa de talentos The Voice Kids da Rede Globo. Isa que na época tinha 10 anos quando realizou suas apresentações no programa, agora embarca em uma nova jornada, o famoso musical Billy Elliot. O espetáculo estreia para o público dia 15 de março e vai ficar em cartaz até 28 de julho no Teatro Alfa em São Paulo, com sessões as sextas, sábados e domingos.

Como você diria que sua vida mudou desde a sua participação no The Voice Kids até agora?

Olá a todos! Obrigada pelo carinho! Minha vida mudou muito depois da incrível experiência do The Voice Kids, lá é uma mega vitrine para o Brasil, e por conta disso tive muito reconhecimento e muitos convites para cantar. O programa foi muito legal pra minha vida! Além de eu poder mostrar meu talento na TV, foi uma “escola” pra mim onde aprendi muito e fiz muitas amizades.

Você acredita que a competição (The Voice Kids) tenha te preparado ou ajudado a evoluir sua carreira profissional?

Ajudou sim! Acho que sempre que você, quando participa de algum projeto, de alguma competição, sempre você aprende muitas coisas. Cada situação sempre te ensina algo e eu sempre tento tirar o que aquilo me trouxe de melhor, para meu aprendizado e crescimento. No caso o programa meu deu experiência de palco, aliás, um lindo palco, cheio de luzes, câmeras para todos os lados… Mas sempre aprendo a ter mais controle das emoções, enfim, sempre aprendo algo que coloco isso tudo em prática sempre que vou fazer algo, seja um teste, uma apresentação.

Como foi a decisão de participar do musical, Billy Elliot? Já participou de outros musicais anteriormente?

Este é o segundo musical que faço parte, o primeiro foi em 2017 chamado VAMP, O MUSICAL que foi maravilhoso! Uma experiência incrível. Vamp ficou em cartaz no Teatro Sérgio Cardoso – São Paulo onde atuei ao lado de Cláudia Ohana, Ney Latorraca entre outros e foi dirigido por Jorge Fernando e Diego Morais. Este ano estou tendo a oportunidade de estar no Billy Elliot. Eu já havia assistido o musical na TV, depois soube que estavam fazendo testes para o musical, então fiz minha inscrição e passei nos testes!

Além de cantar, o teatro sempre foi uma paixão? Qual sua relação com o teatro?

Amo cantar, dançar e atuar. Na minha vida, primeiro veio a música, o cantar, inspirado pela minha mamãe que é cantora, depois descobri a dança e o teatro. Foi amor à primeira vista! Eu fiz alguns cursos para me preparar. Sempre gosto de aprender coisas novas.

Qual sua preparação atualmente (em especial para musicais)?

Bom, musicais são bastante exigentes, e quanto mais completo for o artista, melhor as chances. Se você consegue desenvolver diversas habilidades como o canto, o teatro e a dança você se desenvolve nas três áreas que os musicais exigem. E sim, sempre estou cantando e dançando por aí. Neste ano por enquanto não retomei meus cursos porque os ensaios pro Billy Elliot começaram já no dia 3 de Janeiro, mas pratico canto, sapateado, ballet, jazz, tecido acrobático e faço aulas de inglês.

Quais são seus planos para o futuro?

Quero continuar atuando, seja em musicais, seja na TV, onde for eu amo cantar, dançar e atuar!

Como esta sendo o apoio (família e amigos) nessa nova jornada?

Meus pais me apoiam muito! Sempre que tenho alguma dificuldade, ou quando às vezes tenho algumas dores musculares por conta da grande exigência nos ensaios eu ganho colinho deles e massagem também (risos). Mas eles sempre me incentivam a estudar, praticar, fazer cursos etc.

O que pode nos adiantar do espetáculo? Qual sua personagem?

Puxa! Billy Elliot é um musical que está vindo da Broadway para o Brasil. É um musical bastante técnico, onde tem muita música e muita dança. Parte dos diretores dele são de fora e eles são muito exigentes, o que é bom, pois você aprende como é a dinâmica e a cultura de ensaios de alguém que veio de fora. Minha personagem é a Tracy, uma menina que faz parte de um grupo de ballet e gosta de comer (risos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA