Entidade já alicerçou a construção e tem previsão de entrega para outubro

Após 26 anos de história, atuante nas frentes das causas sociais, a Casa da Criança apresenta o 4º Programa – República José Vicente de Camargo. O serviço oferecido será o de república, que é uma moradia a jovens em situação de vulnerabilidade e risco pessoal, que após os 18 anos não podem permanecer no abrigo da instituição e estão em fase de se firmarem enquanto cidadãos, buscando sua auto manutenção, numa segunda etapa da obra serão oferecidas a comunidade oficinas semiprofissionalizastes.

Ainda em fase de captação de recursos, o sonho, que surgiu na idealização da instituição, ganha respaldo por demanda crescente ao longo dos anos, recebe força e agora aponta uma meta para a entrega do prédio, que abrigará o serviço. Contando com a mobilização da sociedade para reunir os recursos faltantes, cerca de R$ 250 mil, a instituição planeja o término das obras para outubro deste ano.

HOMENAGEM

O nome do 4º Programa – República José Vicente de Camargo, homenageia um dos primeiros assistidos do fundador da instituição, Anélio Zanuchi, quando abrigava pessoas em situação de rua. A figura carismática de José Vicente de Camargo foi emblemática para o povo valinhense, que percebeu a importância do acolhimento às pessoas, em momentos críticos da vida e enxergou como uma oportunidade pode render frutos positivos para a sociedade. Este adulto, conhecido carinhosamente na época como Vicente, foi acolhido e o serviço passou atuar de forma solidária, também apoiando tantas outras pessoas, que passavam por necessidades semelhantes às que ele vivenciou.

OBJETIVO

Com objetivo de oferecer atendimento durante o processo de formação de autonomia pessoal, o Serviço possibilita o desenvolvimento de auto-gestão, auto-sustentação e independência. A República José Vicente Camargo apresentará tempo de permanência limitado, em função do projeto individual e personalizado, formatado em conjunto com a supervisão técnica dos profissionais referenciados da instituição para a gradativa transição dos jovens à vida independente e segura.

“A instituição planeja a construção da república de forma a se assemelhar a uma residência, dentro da cidade, sem diferenciação das demais moradias da região para que a socialização seja natural, assim como as etapas que fará parte da sua independência psicossocial”, explica Adriana Simões, coordenadora da Casa da Criança de Valinhos – Grupo Gente.

PESQUISAS

Pesquisas realizadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que em 2018, o País registrou uma taxa de desemprego entre jovens de 18 e 24 anos, mais que o dobro da taxa da população em geral, que ficou com uma taxa de 12,4%. Entre os jovens o percentual saltou para 26,6%. A pesquisa não apresenta um dado especifico para pessoas sem apoio familiar ou institucional, o que pode apontar maior gravidade para jovens nessa situação.

As contribuições para a construção da República José Vicente de Camargo devem ser realizadas exclusivamente por meio da Casa da Criança e Adolescente de Valinhos. Os interessados em apoiar podem obter informações e detalhes para as doações formalizadas por meio dos telefones (19)3871-0546 ou (19)3869-5654 e do email casadacriancavalinhos@hiway.com.br

Veja os apoiadores desta causa

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA