Divulgação/Polícia Civil

Vigilante é suspeito de matar jovem de 24 anos em julho de 2018

O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Valinhos prendeu, na madrugada desta terça-feira, 12, o vigilante Wagner Aparecido Bertoso dos Santos, de 37 anos, suspeito de matar em julho do ano passado, o jovem Lucas Tadeu Soldera Sigrist, de 24 anos, em um sítio no bairro Reforma Agrária.

O vigilante foi localizado no bairro Parque da União, próximo ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. Segundo informação, Wagner dos Santos, foi encontrado se escondendo na casa de sua mãe e vivia fazendo bicos como pedreiro.

Santos é acusado de homicídio e roubo de uma moto. No dia do crime, ele foi até a casa do jovem para falar com o pai dele, mas como o homem não se encontrava, os dois discutiram e o segurança disparou três tiros em Sigrist, fugindo em seguida. A vítima chegou a ser socorrida pelo pai, que chegou logo depois, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa de Valinhos.

Segundo o boletim de ocorrência, o homem também era procurado por suspeita de ter roubado a motocicleta de um rapaz de 19 anos, durante a fuga do ocorrido. O registro ainda informa que as provas que incriminam o vigilante foram colhidas logo após o crime.

Os policiais, nos meses seguintes ao homicídio qualificado, realizaram buscas ao suspeito em diversas cidades da região. Equipe chegou até ele, após três meses de investigação e denúncias. Ontem, os policiais viram o vigilante em um carro e desde então passou a segui-lo, até achá-lo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA