Às vésperas do Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, os prefeitos Orestes Previtale, de Valinhos, e Jonas Donizete, de Campinas, assinaram autorização para celebração de um convênio inédito para tratamento de esgoto, na tarde da segunda-feira (18).

Segundo, o Departamento de Água e Esgoto (DAEV), o Convênio de Cooperação Técnica para Tratamento de Esgoto irá beneficiar as duas cidades no tocante à qualidade das águas do Ribeirão Pinheiros e Rio Atibaia.

A parceria, inédita no Estado de São Paulo e para a Região Metropolitana de Campinas (RMC), irá viabilizar o investimento de R$ 130 milhões na ampliação e na melhoria do sistema de tratamento de esgoto realizado na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Capuava.

As tratativas sobre o convênio partiram de um inquérito civil que corria na Promotoria de Valinhos, através do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema), no qual se buscava recuperar a água do Rio Atibaia.

Para o presidente do Daev, Pedro Inácio Medeiros, o investimento e a modernização da ETE Capuava irão permitir, através do tratamento do esgoto realizado 100% com membrana flutuante, a devolução de um efluente ao Ribeirão Pinheiro como sendo água de reúso, o que irá beneficiar diretamente Campinas, que capta água do Rio Atibaia a 600 metros abaixo do ponto onde o Ribeirão Pinheiros desemboca.

O convênio está sendo realizado com uma empresa reconhecida nacionalmente pela qualidade dos serviços que presta na área do saneamento básico. Nessa parceria, caberá à Sanasa a captação de recursos financeiros para a ampliação modernização da ETE Capuava. Com o financiamento aprovado, a empresa de saneamento de Campinas assumirá a operação da Estação de Tratamento de Esgoto de Valinhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA