DAEV orienta uso racional de água por causa de estiagem

0
664

Sem chuvas significativas e com dias bastante quentes, o Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV) inicia campanha de conscientização da população, solicitando o uso racional da água neste período de estiagem. Embora a Prefeitura e o Daev tenham investido forte na ampliação da oferta de água em Valinhos, a falta de chuva provoca redução do volume de água nos rios, onde é feita a captação, e também do lençol freático, que interfere na disponibilidade de água nos poços profundos. 

A campanha foi criada para mobilizar os moradores sobre a importância de economizar água para que não haja risco de  desabastecimento. O alerta acontece momento em que duas barragens do sistema de captação estão operando com armazenamento mais retraído, a Moinho Velho e a João Antunes dos Santos. Com monitoramento diário das barragens, o presidente do DAEV, Ricardo Gardin, explicou que é comum haver redução do volume reservado nos períodos de estiagem, em função da pouca chuva.

A preocupação, segundo Gardin, é que o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Unicamp aponta que não choveu nem a metade do previsto para este ano. Segundo o Cepagri, o volume registrado de chuva é ainda menor do que o de 2014, quando o Estado de São Paulo enfrentou a crise hídrica.

A Barragem Moinho Velho, localizada no bairro Ortizes, em Valinhos, tem capacidade de armazenamento de 120 milhões de litros de água e vazão outorgada de captação de 35 litros por segundo (l/s). Hoje, opera com 40% do volume total de armazenamento.

Com capacidade de armazenamento de 60 milhões de litros de água e vazão outorga de 46l/s, a Barragem João Antunes dos Santos, em Vinhedo, enfrenta os maiores impactos da estiagem. A barragem opera hoje com cerca de 15% da capacidade total de armazenamento de água, e consequente diminuição da vazão de captação para cerca de 12l/s.

Para suprir a demanda de água neste período, o DAEV dispõe de uma reserva técnica de água, utilizada e com outorga exclusivamente para esta época do ano, que é a captação na Barragem Santana do Cuiabano. A reserva opera atualmente com cerca de 70% de seu volume total e fornece 50l/s.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA