News

Seleção Brasileira de Handebol Feminino Mantém Domínio no Continente Americano com Sétima Medalha de Ouro Consecutiva nos Jogos Pan-Americanos

No Chile, a seleção brasileira feminina de handebol manteve sua impressionante hegemonia no continente americano ao conquistar a sétima medalha de ouro consecutiva nos Jogos Pan-americanos, derrotando a Argentina por 30 a 18. Desde os Jogos de Winnipeg 99, a equipe brasileira só ouve o Hino Nacional ao encerrar a competição. A vitória em Santiago garante uma vaga para os Jogos Olímpicos de Paris em 2024.

Após um começo um tanto ansioso, a equipe encontrou seu ritmo, com a central Ana Paula buscando a armadora Bruna de Paula, resultando em um placar de 17 a 6 no primeiro tempo, a favor do Brasil. No segundo tempo, a equipe brasileira continuou a marcar gols de forma consistente, finalizando o jogo com uma vitória por 30 a 18.

Esta conquista é especialmente significativa para a central Ana Paula, a mais experiente do time, com 36 anos, que agora soma quatro títulos pan-americanos. Ela vê as jogadoras mais jovens como a alegria do grupo, enquanto ela traz a seriedade necessária. Além disso, Ana Paula destaca a importância da preparação para o Mundial e os Jogos Olímpicos de 2024.

Bruna de Paula, uma das jogadoras que se destacaram no torneio, também compartilhou sua emoção. Nascida em uma família humilde, ela ajudou no sustento de sua casa desde jovem, trabalhando em colheitas de café, em uma oficina mecânica e vendendo picolés. Hoje, além de ser bicampeã pan-americana, Bruna atua pelo Györ, da Hungria, após passar seis anos jogando em grandes equipes francesas.

Bruno Ruas/CBHb 

O Brasil celebra não apenas sua hegemonia continental, mas também uma série de vitórias sobre a Argentina nas finais do torneio. Além de Santiago, a seleção feminina brasileira venceu a Argentina em Santo Domingo 2003, Guadalajara 2011, Toronto 2015 e Lima 2019.

Essa impressionante sequência de vitórias brasileiras nos Jogos Pan-americanos representa um marco, já que, antes disso, as potências continentais eram os Estados Unidos e o Canadá, com Cuba completando o pódio. O Brasil transformou sua equipe nacional através de um planejamento meticuloso, melhorando suas competições nacionais e estabelecendo intercâmbios internacionais. Em 2013, a equipe alcançou o ápice ao conquistar o título do Campeonato Mundial em Belgrado, tornando-se a primeira equipe das Américas a alcançar esse feito no handebol feminino.

A participação brasileira em Santiago foi marcada por um desempenho impecável, com vitórias na fase de classificação sobre o Paraguai (27-15), Uruguai (28-9) e Cuba (49-11). Na semifinal contra o Chile, a partida foi interrompida pela chuva com o Brasil liderando por 30 a 10. A final enfrentou um atraso significativo devido a problemas semelhantes com goteiras no local.

O Paraguai garantiu a medalha de bronze ao derrotar o Chile por 23 a 20 antes da final.

Leia anterior

Lula marca um ano de vitória eleitoral no 2º turno contra Bolsonaro

Leia a seguir

Oportunidade de emprego: PAT Valinhos oferece 226 vagas nesta segunda-feira