Verstappen iguala o número de vitórias de Alain Prost

Tricampeão vence no México e iguala marca de tetracampeão. Lando Norris fez prova espetacular

Por Bruno Marques

Uma largada ousada vindo de 3º e superando as Ferraris ainda antes da primeira curva levou Max Verstappen a mais uma vitória. A 16ª do ano e a 51ª na F1, o que o coloca ao lado de Alain Prost como o quarto maior vencedor da história da categoria. Correndo em casa, Sergio Pérez largou muito bem também, porém se precipitou e se tocou com Leclerc. Diante de uma enorme torcida, o mexicano ficou na primeira curva.

Esta foi a única etapa do ano, dentre as 19 já realizadas, em que pole, vitória, melhor volta e piloto do dia ficaram com competidores diferentes. A pole foi de Charles Leclerc, a melhor volta de Lewis Hamilton, o piloto do dia foi Lando Norris e a vitória foi, mais uma vez, de Max Verstappen.

Neste fim de semana tem a etapa brasileira da F1, em Interlagos.

Análise:

1º Max Verstappen (Red Bull): Disparou para sua 51ª vitória ao tomar a ponta com uma bela largada. 10

2º Lewis Hamilton (Mercedes): Vem em franca recuperação e pode obter o vice-campeonato. 9

3º Charles Leclerc (Ferrari): Mais uma vez saiu na pole e mais uma vez ficou pra trás. Mas ainda se manteve no pódio. 7

4º Carlos Sainz Jr. (Ferrari): Na mesma toada seguindo o companheiro de equipe. 6

5º Lando Norris (McLaren): Largou em 17º e chegou em 5º com ultrapassagens cirúrgicas. 10

6º George Russell (Mercedes): Não tem acompanhado o companheiro heptacampeão. 5

7º Daniel Ricciardo (Alpha Tauri): Corrida de redenção para a melhora da equipe e autoconfiança. 8

8º Oscar Piastri (McLaren): Ótima atuação, mas ofuscado pela espetacular corrida do companheiro. 7

9º Alexander Albon (Williams): Chegou novamente nos pontos com outra atuação de destaque. 7

10º Esteban Ocon (Alpine): Arrancou um ponto na raça em um circuito desfavorável ao time francês. 7

Logan Sargeant (Williams), Lance Stroll e Fernando Alonso (ambos da Aston Martin) não completaram a corrida. Kevin Magnussen (Haas) e Sergio Pérez (Red Bull) bateram.

Leia anterior

Novembro Azul é um chamado à conscientização e prevenção do câncer de próstata

Leia a seguir

Guarda Civil de Vinhedo implanta Patrulha Amiga da Escola