Campinas registra maior temperatura da história em novembro

Campinas experimentou, nesta segunda-feira (13), a temperatura mais alta já registrada para o mês de novembro, alcançando 37,8°C às 14h40, superando o recorde anterior de 36,8°C em 1997. O calor intenso, combinado com a umidade abaixo de 20%, levou o Instituto Nacional de Meteorologia a elevar o alerta de onda de calor na Região Metropolitana de Campinas de “Perigo” para “Grande Perigo”. Esse padrão climático é resultado de um sistema atmosférico bloqueador que impede a progressão de frentes frias, mantendo uma massa de ar quente.

A Defesa Civil emitiu um alerta de alta temperatura, enfatizando os riscos de insolação e a necessidade de precauções, especialmente para grupos vulneráveis. A temperatura máxima prevista para a cidade é de 38°C, com umidade relativa do ar próxima ou abaixo de 20%. A Operação Altas Temperaturas, conduzida pela Secretaria de Assistência Social em colaboração com a Sanasa, concentra-se na assistência à população de rua, oferecendo abrigo, água e orientações.

As recomendações incluem manter-se hidratado, umidificar o ambiente, evitar exposição solar direta entre 10h e 16h, evitar exercícios físicos nas horas mais quentes e estar atento a sintomas de mal-estar. A cidade permanece em Estado de Atenção quando a temperatura excede 34°C e em Estado de Alerta acima de 37°C. A previsão indica que o calor persistirá até domingo (19).

Leia anterior

Em 2024, Brasil terá apenas 9 feriados. Confira as datas

Leia a seguir

Modelos de Vinhedo vencem concurso internacional em Curitiba