News

Vereadores de Campinas aprovam reajuste de subsídio

Na noite de segunda-feira (13), a Câmara de Vereadores de Campinas aprovou, em segunda votação, o reajuste do subsídio do prefeito, vice e secretários municipais a partir de 2025. Isso resultará em um aumento para R$ 37.082,36 no teto atual do funcionalismo público, representando um acréscimo de R$ 13,8 mil. A proposta foi aprovada por maioria, com cinco votos contrários.

De acordo com a Mesa Diretora da Câmara, responsável pelo projeto de lei, o reajuste atende a demandas de várias categorias, especialmente a dos médicos, que ficam impedidos de receber acima do teto municipal.

Além disso, durante a mesma sessão, os vereadores aprovaram, em segunda votação, um projeto de lei que flexibiliza a proibição do uso de telefones celulares em agências bancárias, destacando o uso dos serviços oferecidos pelos próprios bancos por meio de aplicativos.

Em primeira votação, foi aprovado um projeto de lei que altera a legislação municipal contra poluição sonora. A proposta estabelece que denúncias contra barulho excessivo devem identificar o nome e endereço do denunciante, permitindo que a medição sonora seja feita no local alvo da denúncia. O projeto ainda aguarda segunda votação para ser enviado ao Executivo para sanção ou veto.

Leia anterior

Alerta de Racionamento: Consumo Elevado Impacta Abastecimento de Água em Vinhedo

Leia a seguir

Valinhos em Ação avança em sua terceira fase, já com 60% dos serviços concluídos