News

Dia do Evangélico é comemorado em 30 de novembro

Nesta quinta-feira (30), o Brasil celebra o Dia do Evangélico, marcando uma data especial para a comunidade evangélica do país. Embora os números atualizados do Censo 2022 do IBGE sobre religião ainda não tenham sido divulgados, dados do Censo de 2010 indicam que 22,2% dos brasileiros que se declararam cristãos são evangélicos, em meio aos 86,8% que se identificaram com a fé cristã.
No Distrito Federal, o feriado foi estabelecido em 1995 por meio de uma lei distrital proposta pelo deputado Carlos Xavier na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Posteriormente, em 2010, foi promulgada uma lei nacional que instituiu o Dia Nacional do Evangélico em 30 de novembro. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a lei, embora não tenha transformado a data em feriado ou ponto facultativo.
Josimar Francisco da Silva, presidente do Conselho de Pastores no DF e participante das discussões que resultaram na lei, revela que inicialmente a intenção era vincular a data ao dia 31 de outubro, quando é celebrada a Reforma Protestante. Contudo, a escolha recaiu sobre o dia 30 de novembro.
As raízes das igrejas evangélicas remontam à Reforma Protestante de 1517, especificamente em 31 de outubro, quando o teólogo Martinho Lutero (1483-1546) apresentou as “95 teses” com críticas à Igreja Católica. Os evangélicos englobam diversos grupos dentro do protestantismo, como luteranos, batistas, presbiterianos, reformistas, pentecostais e adventistas, conforme destacam pesquisadores de religiões. Os evangélicos e os protestantes, ambos integrantes do cristianismo, compõem uma rica tapeçaria de diversidade dentro do panorama religioso brasileiro.

Leia anterior

Aproveite a Black Friday dos impostos e zere suas dívidas

Leia a seguir

Descubra as novidades que a Netflix preparou para o último mês do ano com 5 lançamentos imperdíveis