News

Uso excessivo de smartphones afeta desempenho de alunos em matemática, revela relatório Pisa 2022

O Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) de 2022, divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta terça-feira (5), destaca que alunos que dedicam de cinco a sete horas diárias a smartphones e dispositivos digitais têm pontuações mais baixas nos testes. O relatório revela que, em média, estudantes que passam até uma hora por dia usando dispositivos digitais para lazer na escola obtêm 49 pontos a mais em matemática do que os que passam entre cinco e sete horas nessa atividade, considerando fatores socioeconômicos.

O Pisa, realizado a cada três anos, avaliou o desempenho de 690 mil estudantes de 15 anos em 81 países, com foco em matemática. A distração em aulas de matemática por uso de celular foi relatada por 65% dos estudantes globalmente, chegando a 80% no Brasil e em outros países, como Argentina, Canadá, Chile, Finlândia, Letônia, Mongólia, Nova Zelândia e Uruguai.

Outros 59% mencionaram distração causada por colegas utilizando dispositivos, e esse grupo obteve pontuação 15 pontos menor nos testes de matemática. O relatório sugere que escolas promovam uma interação equilibrada entre tecnologia e aprendizado, reduzindo o tempo de uso para evitar distrações e impactos negativos.

O uso de smartphones em escolas é um desafio controverso, e o relatório propõe que as escolas incentivem uma integração responsável da tecnologia no processo educacional. Embora 29% dos alunos da OCDE usem smartphones várias vezes ao dia na escola, em 13 países, mais de dois terços frequentam escolas com proibição de celular, o que não garante uma utilização mais responsável dos dispositivos.

A pesquisa alerta que a proibição pode não ser eficaz em todos os casos, indicando a necessidade de abordagens equilibradas para otimizar o uso da tecnologia em benefício da aprendizagem.

Leia anterior

Indústria de Campinas projeta desafios em 2024 após estabilidade em 2023, buscando superar obstáculos e impulsionar o setor

Leia a seguir

3° Voley Day terá interação com jogadores no Parque Taquaral