News

Ministério da Saúde avalia incluir vacina da dengue no SUS

O Ministério da Saúde iniciou uma consulta pública nesta quinta-feira (7) para discutir a possível incorporação da vacina contra a dengue no Sistema Único de Saúde (SUS). O imunizante Qdenga está atualmente sob avaliação da Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec).

Conforme comunicado do ministério, após uma reunião realizada na quarta-feira (6), a comissão recomendou a incorporação inicial da vacina em localidades e para públicos prioritários a serem determinados pelo Programa Nacional de Imunizações, considerando o cenário epidemiológico.

A definição desses grupos e localidades levará em conta as regiões com maior incidência e transmissão da dengue, além das faixas etárias mais propensas a complicações da doença. A restrição de público também considerará a capacidade de fornecimento de doses pela fabricante.

A recomendação da Conitec está condicionada a uma proposta de redução de preço por parte da fabricante, já que o valor atual de R$ 170 por dose é considerado elevado pelo governo federal, mesmo com o desconto inicialmente oferecido.

A consulta pública, que normalmente tem a duração de 20 dias, será estendida para 10 dias devido à projeção de aumento de casos de dengue no próximo verão. Após esse período, as sugestões serão avaliadas pela comissão, que emitirá uma recomendação final. Se incorporada, a vacina Qdenga será administrada em duas doses, com um intervalo de três meses.

Leia anterior

Bebê repatriado após tráfico internacional terá destino incerto entre abrigo e família adotiva no Brasil

Leia a seguir

Vereadores iniciam votação do Plano Diretor e aprovam texto em 1ª discussão