Marília Ferraz: uma luz na proteção integral de crianças e adolescentes em Valinhos

Marília destaca que a integração social ocorre naturalmente no acolhimento institucional, promovendo um ambiente coletivo e estimulando o desenvolvimento emocional das criança

Por Gabriel Previtale

Marília Ferraz, assistente social dedicada, desempenha um papel crucial na Casa da Criança e do Adolescente de Valinhos. Em uma entrevista exclusiva, ela compartilhou insights valiosos sobre sua profissão e o impacto do trabalho realizado na instituição.

A profissional descreve a missão fundamental da assistência social na instituição, focando na garantia dos direitos das crianças e adolescentes. O trabalho interdisciplinar visa fortalecer os vínculos familiares e comunitários, capacitando as famílias a criar ambientes seguros e propícios ao desenvolvimento infantil.

Enfrentar os desafios diários, especialmente na construção de vínculos e educação, é um aspecto crítico do trabalho. Marília destaca a importância de preservar a integridade emocional, fundamental para oferecer um serviço de excelência aos usuários. A avaliação das demandas das crianças e suas famílias é um processo contínuo e abrangente, envolvendo atendimentos psicossociais, visitas domiciliares e colaboração com outros serviços da rede de garantia de direitos.

Marília destaca que a integração social ocorre naturalmente no acolhimento institucional, promovendo um ambiente coletivo e estimulando o desenvolvimento emocional das crianças. Ela ressalta a diferença nos serviços, como o Janela Aberta, que visa a expansão social e cultural das crianças, enquanto o abrigo atua em situações de violações graves.

A Casa da Criança conta com uma equipe completa comprometida com a promoção da proteção integral e bem-estar das crianças. A colaboração intersetorial e o apoio de voluntários são fundamentais para suprir as diversas necessidades identificadas. “A instituição conta com a equipe completa, e todos da equipe trabalham comprometidos para a promoção da proteção integral e bem-estar das crianças. Para todas as demandas que ultrapassam a atuação do abrigo, existe articulação intersetorial ou apoio de parceiros voluntários da instituição para o suprimento das necessidades identificadas”, conta a entrevistada.

A instituição articula benefícios sociais em parceria com a rede socioassistencial do município. Além disso, Marília destaca o estímulo às famílias para que desenvolvam seus próprios mecanismos de superação de fragilidades. Parcerias com outras organizações e profissionais são cruciais para abordar as diversas necessidades das crianças, garantindo um trabalho mais abrangente e eficaz.

Marília enfatiza o compromisso com a educação continuada para manter a eficácia nas intervenções, adaptando-se dinamicamente às necessidades da comunidade e das crianças ao longo do tempo. A instituição investe em capacitações, supervisões e formação continuada. “Existem um compromisso com a educação continuada, visto que a sociedade se movimenta de forma dinâmica. Buscamos estar atualizados para termos condições de atuar de maneira eficaz nas demandas trazidas pelos usuários dos serviços. A instituição organiza capacitações, supervisões e formação continuada”.

Leia anterior

A retomada do Brasil no protagonismo internacional

Leia a seguir

Pixote, Zé Neto e Cristiano, e Guilherme e Santiago confirmam presença na 73ª Festa do Figo e 28ª Expogoiaba de Valinhos