Quem foi Euclides da cunha

Brilhante escritor e engenheiro com fim trágico

Entre construções e publicações, Euclydes da Cunha descreveu o Brasil e foi morto após traições

Por Bruno Marques

O jornalista e escritor Euclides da Cunha nasceu em Cantagalo (RJ), em 20 de janeiro de 1866. Filho de um baiano guarda-livros de uma fazenda, perdeu a mãe aos 3 anos. Criado por parentes no Rio, recebeu sólida educação, tendo sido aluno de Benjamin Constant.

Pelo jornal O Estado de São Paulo, foi correspondente em Canudos. Desta experiência escreveu Os Sertões, que se tornou uma das mais célebres obras literárias. De grande intelecto, além de escritor e jornalista, foi engenheiro, militar, geógrafo e poeta.

Teve um fim trágico, aos 43 anos. Euclydes era traído pela esposa, que teve dois filhos fora do casamento. Ao tentar se vingar, atirou no amante que não morreu, mas o acertou fatalmente.

Em Valinhos, Euclydes da Cunha dá nome à antiga rua 5 do Jardim Primavera, bairro Bela Vista, através da lei municipal nº 437 de 27/2/1964. Há uma polêmica sobre a escrita de seu nome, se com ‘i’ ou ‘y’. O nome da rua está da primeira forma. Neste texto foi mantida a segunda, que é a oficial.

Leia anterior

Valinhos inaugura farmácia municipal 24 horas

Leia a seguir

Zara retira campanha após polêmica com comparação ao conflito em Gaza