Segundo pesquisas um em cada quatro jovens brasileiros já sofreu violência

No Brasil, um em cada quatro jovens entre 15 e 29 anos relata ter sido vítima de violência física, psicológica ou sexual, de acordo com um relatório da Fiocruz divulgado nesta segunda-feira (11). Em 2019, mais de 27% dos jovens afirmaram ter sofrido algum tipo de agressão nos 12 meses anteriores à Pesquisa Nacional de Saúde (PNS/IBGE).

A taxa de violência para essa faixa etária foi 2,07 vezes maior do que a da população adulta, com uma média de 307,52 casos por 100 mil pessoas. Para adolescentes entre 15 e 19 anos, a situação é ainda mais grave, com 397 casos para cada 100 mil habitantes.

O relatório destaca que, em todas as regiões do Brasil, os jovens-adolescentes formam o principal grupo de vítimas de violência. Além disso, aborda dados de trabalho, saúde mental e mortalidade, indicando que a carga de trabalho dos jovens é intensa, com 70,1% dos jovens entre 18 e 24 anos ocupados ou buscando emprego. No entanto, as condições de trabalho para esse grupo são mais voláteis, com exposição à informalidade, jornadas mais extensas e salários menores.

O relatório conclui que esses dados serão úteis para a formulação de políticas de saúde voltadas para a juventude, abrangendo não apenas a violência, mas também questões relacionadas ao trabalho e à saúde mental.

Leia anterior

Próxima edição do “Quarta é Feira” conta com apresentação de Anderson Solano

Leia a seguir

Chuva de meteoros pode ser visto no Brasil