Curso de turismo rural encerra com aula especial sobre uso do figo roxo na culinária

Valinhos, cidade do Circuito das Frutas, tem se destacado no Estado de São Paulo com o turismo de visitação em propriedades rurais. A Prefeitura, em parceria com o Sindicato Rural e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), promoveu um curso completo em 2023, encerrado neste mês com uma aula especial. Os alunos utilizaram o Figo Roxo em vários alimentos no cardápio de um jantar.

O Programa “Turismo Rural – Agregando Valor à Propriedade” teve o apoio do Departamento de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Turismo e Inovação. A capacitação, que durou 9 meses, abordou uma série de conhecimentos nos seguintes módulos: Oportunidades de empreendimentos, Identidade e Cultura; Gestão de Empreendimentos; Atrativos Turísticos no Meio Rural; Ponto de Vendas de Produtos Artesanais; Meio de Hospedagem; Meios de Alimentação; Encantando e Atendendo o Cliente; Resgate Gastronômico e Consolidação do Programa.

A aula de conclusão foi na propriedade ‘Tons da Terra’, no bairro Alpinas, aberta aos convidados pelas anfitriãs e irmãs Maria Júlia da Silva e Sousa e Maria Regina da Silva e Sousa, que atuam no turismo de contemplação. A união do grupo foi destacada durante o jantar de conclusão. Maria Júlia ressaltou a importância de perceber a união das pessoas que acreditam no potencial do agroturismo em Valinhos.

O instrutor do programa pelo Senar, Eduardo Bettin, explicou que o jantar integrou o 9º módulo da capacitação, chamado de festival gastronômico, onde os alunos aprendem a fazer um evento de médio porte.

“Nesse jantar especial valorizamos o trabalhador rural e a cultura do Figo. Tanto que o cardápio trouxe a fruta em praticamente tudo o que foi servido. Agora, no décimo módulo, vamos consolidar o programa com ensinamentos sobre planos de negócio e importância de se agir, de se organizar em grupo numa rede de cooperação turística. Já em 2024 traremos cursos complementares para os empresários rurais, entre ele de monitoria de turismo, turismo rural pedagógico para que as propriedades se organizem para receber estudantes, além de mais dois cursos, sendo de promoção e comercialização de destinos turísticos e, por fim, um curso de vendas online”, detalha o instrutor.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Camargo, destaca que a administração municipal busca oferecer diversos meios aos empreendedores do setor turístico. Além de cursos de capacitação, Valinhos passou, a partir de 2022, a integrar o Mapa Turístico Brasileiro e reativou o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) que nos anos mais críticos da pandemia da Covid-19 ficou sem se reunir.

“Valinhos também passou a ser reconhecido como integrante do Programa de Regionalização do Turismo, pelo Ministério do Turismo e promove a campanha para ingresso dos empresários e produtores rurais no cadastro nacional ‘Cadastur’, do Ministério do Turismo, entre outras ações no decorrer de 2023”.

“O SENAR é um agente de suma importância para o desenvolvimento Turístico e Rural em nossa cidade. No jantar de encerramento no sítio Tons da Terra pudemos presenciar a dedicação de todos os alunos e profissionais envolvidos. Através de cursos, trabalhos dedicados e políticas públicas alinhadas, podemos alcançar um novo patamar em relação ao Turismo em Valinhos. O turismo rural é uma prioridade e os reflexos disso serão percebidos nos próximos meses, inclusive durante a 73ª Festa do Figo e 28ª Expogoiaba, de 2024, quando teremos passeios guiados no Agroturismo”, destaca o diretor de Turismo, Guilherme Barella.

Leia anterior

Suspensão temporária do cadastro e recargas para passes Escolar e Universitário durante as férias

Leia a seguir

Resultados indicam que o rompimento da mina 18 da Braskem não agravou situação da Lagoa Mundaú