News

Quais tradições natalinas são celebradas pela sua família?

O Natal representa um dos momentos mais importantes no cristianismo, honrando o nascimento de Jesus Cristo. Embora o Brasil seja predominantemente católico, o Natal vai além de seu caráter religioso, transformando-se em um período de confraternização, repleto de tradições para muitas famílias brasileiras que celebram a data.



A tradicional Ceia de Natal ocorre na noite de 24 de dezembro, em celebração ao nascimento de Jesus. No entanto, registros indicam que essa prática remonta a épocas anteriores ao nascimento de Cristo. Originalmente, banquetes eram organizados para marcar o solstício de inverno no Hemisfério Norte, reunindo pessoas em torno da Ceia e da troca de presentes entre familiares.

No Brasil, reunir familiares e amigos no jantar do dia 24 de dezembro é uma das principais tradições natalinas. Porém, o cardápio da Ceia varia entre as famílias. Algumas optam por pratos típicos natalinos, como o peru simbolizando abundância e a lentilha representando sorte para o novo ano.

Em certos casos, as receitas são transmitidas de geração em geração, conectando-se às origens de diferentes nacionalidades. Outras famílias, devido ao grande número de membros, preferem uma Ceia diversificada, onde cada um contribui com um prato especial. Dessa forma, cada família traz sua “especialidade” para enriquecer a celebração de maneiras únicas.

Outro hábito é o costume de trocar presentes no Natal, que possui origem, no cristianismo, aos presentes dos Reis Magos ao menino Jesus no seu nascimento. A prática de presentear surgiu no século XVIII, quando os povos nórdicos costumavam realizar essa troca ao amanhecer como parte de suas celebrações pactuadas com os deuses.

A popularização desse costume ocorreu em 1929, durante a grande depressão, uma época de dificuldades financeiras para a população. Durante as confraternizações, os operários desejavam presentear uns aos outros, mas a crise tornava essa prática muito difícil. Diante desse desafio, o grupo optou por criar a brincadeira atualmente conhecida no Brasil como “Amigo Secreto”. Essa tradição, que permeia os núcleos familiares brasileiros há décadas, surgiu como uma alternativa criativa.

Já o costume de presentear durante o Natal ganhou popularidade com a figura do Papai Noel, um personagem inspirado em São Nicolau que distribui presentes para as crianças nesta época festiva. Por muito tempo, a crença no Papai Noel serviu como incentivo para que as crianças se comportassem bem ao longo do ano, com a promessa de receberem presentes do “bom velhinho”. Algumas famílias mantêm a tradição de colocar cartinhas sob a árvore, e no dia 25, reúnem-se em torno da árvore para abrir os presentes solicitados pelas crianças da família.

Relembrar esses momentos é uma maneira de conexão com memórias afetivas. Apesar das diversas histórias e detalhes que caracterizam cada família, o Natal compartilha o mesmo propósito para a maioria: promover a união. A expressão de carinho e afeto ao próximo deve ser uma parte essencial das celebrações.

Leia anterior

Natal – esta é minha mensagem para você!

Leia a seguir

Tradições natalinas ao redor do mundo