News

Os riscos dos fogos de artifício para os animais

Atualmente, existem alternativas mais viáveis com efeitos similares

Os fogos de artifício, tradicionalmente usados para celebrar eventos festivos, são muito comuns principalmente na época de final de ano em comemoração ao ano novo, ou até mesmo o Natal. Porém, por trás de sua beleza, carrega um grave risco aos pets, já que possuem audição extremamente sensível.

Enquanto essas exibições de luz e sons são admiradas pelos seres humanos, muitos animais, até mesmo os selvagens, sofrem significativamente devido à alta exposição ao alto barulho associado aos fogos

Em primeiro lugar, o ruído súbito e intenso dos fogos de artifício pode causar estresse nos animais. Muitos, especialmente cães e gatos, têm uma audição muito mais aguçada do que os humanos, tornando os estrondos dos fogos verdadeiramente angustiantes para eles.



O medo também é uma questão resultante dessa comemoração e pode levar a uma série de comportamentos problemáticos, como agitação, tentativas de fuga, e até mesmo agressividade, por se sentirem acuados e expostos e não conseguirem se expressar de outra maneira.

Além do estresse emocional, alguns animais podem sofrer danos físicos ao tentar escapar dos barulhos altos. Animais de estimação que ficam soltos no quintal ou em áreas públicas podem tentar fugir para se protegerem, correndo o risco de se perderem, serem atropelados por carros ou sofrerem outros acidentes.

Os animais selvagens também são afetados, especialmente aqueles em áreas urbanas onde fogos de artifício são comuns. Pássaros, morcegos e outros animais noturnos podem ser perturbados em seus hábitos normais, o que pode ter consequências graves para a reprodução e sobrevivência das espécies.

Outro ponto preocupante é o impacto ambiental causado pela dispersão de resíduos dos fogos, como metal, papel e pólvora, que podem contaminar solos e corpos d’água. Isso afeta diretamente os ecossistemas locais e, por conseguinte, os animais que dependem desses ambientes.

A cidade de Valinhos possui uma lei que proíbe os fogos de artifício justamente para evitar todos esses transtornos aos animais e aos tutores. Atualmente, existem alternativas mais viáveis com efeitos similares, conhecido como fogos de vista, com o mesmo espetáculo visual, mas sem os sons estrondosos.

Porém, algumas pessoas, mesmo com as proibições, insistem em compactuar com esse comércio tão prejudicial aos pets. A divulgação dessas informações é importante justamente para promover a empatia e conscientizar a população sobre os ricos, além de fornecer opções mais amigáveis, e, ainda sim participar das tradicionais comemorações.

Leia anterior

Prefeitura e Sesi celebram sucesso do curso de robótica para 300 alunos da rede pública

Leia a seguir

Retrospectiva 2023 – Policiais