News

Cerimônia ecumênica marca início da 73ª Festa do Figo

Ato representou a diversidade religiosa existente em Valinhos

A 73ª Festa do Figo e 28ª Expogoiaba de Valinhos incluiu um momento especial no primeiro fim de semana do evento: uma cerimônia ecumênica que promoveu a união e respeito entre diferentes líderes religiosos locais. Realizado no Palco Frutas na manhã de domingo, dia 14, a ação contou com a participação de moradores da cidade e visitantes.

A prefeita, Capitã Lucimara, abriu a cerimônia destacando a união pela fé e amor, independentemente das denominações religiosas. Entre os participantes estavam o padre Eduardo Dougherty, representante católico e presidente da Associação do Senhor Jesus e Rede Século 21; Daniel Elmo Ferreira, Pai de Santo da Tenda de Umbanda Pai Joaquim das Matas; Vanessa Tank, representante da doutrina espírita e do grupo espírita ‘Os Peregrinos’; e o pastor Rui Mendes Faria, representante evangélico da comunidade ‘Cristo Vive’. Um representante budista também foi convidado, mas não pôde participar.

Celebração aconteceu no domingo, dia 14, no Palco Frutas da Festa do Figo

O ato foi elogiado por representar a diversidade religiosa e promover a união e o respeito. O Pai de Santo Daniel expressou sua satisfação com o convite, ressaltando a importância da mistura de crenças no Brasil. O pastor Rui Mendes Faria enfatizou o amor acima de tudo e refletiu sobre a oração do Pai Nosso.

O violeiro Robson Furioso, maestro da Orquestra de Violas da Cultura Caipira de Valinhos, convidou os presentes a cantarem a oração. O presidente da Comissão Organizadora da Festa do Figo, Ricardo do Vale, também participou, junto com outros representantes da comunidade. O evento proporcionou um momento de reflexão e celebração da diversidade religiosa, reforçando os valores de união e respeito durante a festividade.

Leia anterior

Aluna da E.E. Adoniran Barbosa brilha no ENEM e almeja carreira em T.I.

Leia a seguir

Clube de Mães é destaque na 73ª Festa do Figo e 28ª Expogoiaba