Uma festa que nos define

A estrutura é gigantesca. A tradição perpetuada. A história está escrita junto com a história de Valinhos desde 1939, quando o padre Bruno Nardini idealizou a primeira festa para obter recursos para a construção da Matriz da Igreja São Sebastião e teve apoio dos produtores, que precisavam divulgar o figo roxo que se perdia devido às condições precárias de transporte.

É com esse espírito de resiliência e de união de forças que também trabalhamos incansavelmente. Se no passado o desafio era escoar a produção de frutas, no presente é resolver problemas crônicos de infraestrutura, como estamos fazendo com o Asfalto de Verdade.

Nossa missão também é trazer soluções, a exemplo dos pioneiros da festa. E assim fizemos na Saúde, com o Seu Remédio; na Segurança, com o Monitoramento Olho Vivo; e em todas as áreas nas quais plantamos sementes produtivas em solos férteis e já colhemos os primeiros frutos.

Nosso município cresceu através da fruticultura e mesmo sendo hoje uma cidade industrial, preserva e honra a resistência que o campo ensina. Por essas e outras, a 73ª Festa do Figo e 28ª Expogoiaba não é apenas mais uma festa. Não é somente um evento com grandes shows, capaz de atrair milhares de pessoas ou atingir recorde de vendas, como as 120 toneladas previstas.

É o momento de uma colheita que começa no campo e é compartilhada com todos os valinhenses em três grandes finais de semana e com os turistas também, inclusive os que deixam seus estados e visitam a nossa cidade, movimentando toda uma cadeia econômica.

Portanto, a Festa do Figo e Expogoiaba nos define. Define Valinhos,  preserva a sua história, honra os que nos antecederam neste evento, antes mesmo de entrar para o calendário oficial.

No ano passado, tivemos uma missão difícil e, depois dois anos de suspensão devido à pandemia da Covid-19, a Festa do Figo e da Expogoiaba renasceu com um significado muito maior na memória e no coração de cada morador de Valinhos, provando nosso potencial econômico, cultural e turístico.

Leia anterior

Fé e agricultura foram a base para os primórdios do evento

Leia a seguir

Nossas raízes