News

Chumbo é detectado em copos Stanley após teste de consumidores americanos

Apesar da popularidade crescente dos copos Stanley nas redes sociais, a marca está no centro de uma controvérsia. Na última semana, testes realizados por consumidores nos Estados Unidos detectaram a presença de chumbo no material do produto, conforme reportagem da Folha de S. Paulo. A fabricante admitiu a composição.

Segundo a empresa, o chumbo é utilizado como vedação na base do copo, com um revestimento de aço inoxidável evitando o contato direto com o conteúdo ou com quem o manuseia. Em comunicado, a Stanley assegurou que “não há chumbo em parte alguma da superfície de seus produtos que entre em contato com o consumidor, ou com líquidos e alimentos que estejam sendo consumidos”.

A empresa afirmou estar em conformidade com as normas da FDA (agência de vigilância sanitária dos EUA) e realiza testes com laboratórios terceirizados para garantir a segurança do item. O chumbo é um metal tóxico, mas a Stanley insiste que não há risco de exposição ao consumidor.

Leia anterior

Brasil vence Equador e avança no Pré-Olímpico

Leia a seguir

Câmeras de monitoramento e radares são distinguidas com nova sinalização