Domingo, 17 Outubro 2021

DAEV alerta para alto consumo e situação de desabastecimento em bairros da cidade

Cidade de Valinhos

O Departamento de Operação, do Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV), informa nesta terça-feira, 24 de agosto de 2021, os dados referentes ao mapa de tendência do abastecimento. As informações compreendem a possibilidade ou mesmo a situação de desabastecimento resultante do baixo nível dos reservatórios e da pressão na rede de distribuição de água.

O Departamento de Operação elencou que são afetados bairros das regiões Jardim Imperial, Jardim Santo Antônio, Castelo, Fonte Nova, Nova Valinhos, Jardim do Lago, Maracanã, Jardim Pinheiros e Vila Santana. Partes mais altas da região do Jardim Santa Eliza também identificaram situação.

As ocorrências são ocasionadas pelo alto consumo do recurso, pela população, somado aos fatores climáticos (falta de chuvas e temperaturas altas). Ainda segundo a equipe, a não recuperação do sistema afeta diretamente a pressão do recurso para os imóveis no decorrer do dia, sobretudo nos localizados nas partes mais altas da cidade.

A prefeita de Valinhos, Lucimara Godoy, esteve em 23 de agosto de 2021 no DAEV e liderou reunião com a presença do presidente do DAEV, Ivair Nunes Pereira, e dos diretores das principais frentes técnicas de trabalho. Nesta foi concretizada a implementação da bandeira vermelha em Valinhos, dentro do Plano Municipal de Estiagem e Racionamento.

Os fatores climáticos, o alto consumo e a baixa dos reservatórios, além da situação identificada no último fim de semana nas partes mais altas da cidade reuniram os elementos técnicos para a instituição da bandeira vermelha, na qual está prevista o programa de racionamento de água.

Para a atual fase do programa estão previstas manobras para redirecionamento e despressurização da rede, respeitando as normas técnicas aplicáveis. Além disso, a autarquia municipal continuará a dar reforço de abastecimento de água aos reservatórios operados pelo DAEV nos pontos mais altos e distantes dos centros de distribuição, com a ajuda de caminhões-pipa.

A autarquia também se organiza para intensificar a fiscalização quanto ao desperdício do recurso, com canal de comunicação que será divulgado em breve para contato da população. O planejamento e a informação antecipada dos bairros serão divulgados amplamente e antecipadamente no site do DAEV (www.daev.org.br) para acompanhamento da população.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/