Quarta, 08 Dezembro 2021

EDUCADORES DE CAMPINAS COM ALGUMA COMORBIDADE SÃO AFASTADOS PELA JUSTIÇA

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) aprovou nesta segunda-feira, dia 9, a liminar que determina o afastamento de 185 trabalhadores da Secretaria de Educação de Campinas, devido a pandemia da Covid-19. A decisão é do juiz José Antonio Gomes de Oliveira.

O processo teve início em outubro de 2020 e solicita que os servidores com comorbidades e que ainda não estão totalmente imunizados, sejam dispensados.

A Justiça do Trabalho, através da juíza Olga Regiane Pilegis, havia negado a decisão em 1ª instância no dia 3 de agosto. Agora a liminar foi concedida, como explica o Advogado e Representante do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Campinas, Ricardo Marreti.

Com a nova decisão, os trabalhadores ficarão afastados da atividade presencial até 14 dias após receberem a 2ª dose da vacina. Em caso de descumprimento da medida, a multa diária é de R$ 30 mil. No entanto, cabe recurso por parte da Prefeitura Municipal.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 08 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/