Quarta, 30 Setembro 2020

Poetizando a coragem

Poetizando a coragem

Coragem é um ato
que se origina de um fato:
é amar
e, sobretudo,
acreditar.

Acreditar que ser corajoso
é viver cada dia
colocando-se em empatia, buscando alegria.

Coragem no amor,
na saúde, na vida, sempre em plenitude.

Nos dias atuais, buscar ser feliz já satisfaz,
o ego do pobre coitado, fatigado, prostrado de ver tanta mazela acontecer.

Para criar coragem, entretanto,
temos de ter encanto,
que seja como poção de amor,
que se leva para onde for.

O segredo é viver cada dia,
tomando certa dose de coragem e de alegria:
e viva a vida, viva a paz, o amor e a comida.
O pão nosso de todo dia
nos anima a viver e a crer
que o mundo sempre pode melhorar.

Coragem, vamos em frente!
A cada dia, cada hora, minha gente.
Não precisa ser herói,
basta ser gente,
que se compadece e compreende.

Compreende que tudo passa...
até mesmo a desgraça.
Vamos fazer nossa parte,
viver como viva arte,
arte que sempre pode fazer parte.

Coragem = cor / age.

Dar cor. Agir com o coração, que impõe na vontade a ferramenta precisa e a dose certa de seguir em frente, mesmo quando tudo se opõe.
Como um pai que encoraja seu filho dizendo-lhe: vai filho! Siga em frente, pois o pote de ouro está lá, à sua espera, sempre no final do Arco-Íris.

Fraternos Abraços a todos!
Zezé Tordin
Bem Estar

Zezé Tordin

Veja mais notícias sobre Maria José Tordin.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 30 Setembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection