Segunda, 28 Setembro 2020

Você vive um padrão de vida de acordo com sua renda?

Você vive um padrão de vida de acordo com sua renda?

Não há nada mais nocivo para nosso bolso e saúde quanto a cultura da ostentação. Viver um padrão de vida não condizente com nossos ganhos. Muitas vezes chegamos ao ponto de fazer dívida para parecer mais rico. O professor Gustavo Cerbasi tem uma frase que ilustra muito bem este comportamento:
- "Status é comprar coisas que você não quer, com um dinheiro que você não tem, para convencer pessoas que você não gosta que você é quem ainda não conseguiu ser".
Esta frase é a expressão máxima da atualidade. Fingimos ser quem não somos, e isto nos traz prejuízos enormes, não apenas financeiro, mas para nossa saúde física e no relacionamento familiar. Vivemos uma pressão para manter este padrão que muitas vezes nos faz adoecer, trazendo ansiedade, angústia e depressão.
Relaciono aqui alguns sinais de alerta para que você faça uma auto análise, e caso esteja vivendo desta forma, possa sair disso e ter uma vida mais leve e muito mais saudável.
Se você faz empréstimo para comprar itens não essenciais fica aqui o primeiro sinal. Pegar dinheiro emprestado já é uma prática que por si só prejudica sua vida financeira na maioria das vezes, pois para todo empréstimo paga-se juros e muitas vezes elevadíssimos. Se este empréstimo não for para algo realmente importante, isto mostra que esta compra não deveria ser feita.
Outro fator a ser considerado, é se você precisa do limite do seu cartão de crédito ou do cheque especial para passar o mês. Isto mostra que você está gastando mais do que ganha. Neste caso, organize seu orçamento mensal e corte aquelas compras supérfluas para que você possa viver um padrão de acordo com a sua renda.
E por último, se você precisa fazer empréstimo para pagar aquelas contas anuais como IPVA, IPTU, matrícula escolar, entre outros. Está faltando um planejamento financeiro, para que possa organizar e separar um valor todo mês para pagar estas contas na data do vencimento, sem recorrer a nenhum tipo de empréstimo.
Abandone a maneira nociva de viver um padrão de vida acima do que a sua renda permite. Foque no futuro, reveja o modo como lida com suas finanças e o quanto isto está afetando a sua saúde. Vale a reflexão e a mudança, experimente, é libertador!

Veja mais notícias sobre Maricy Meirelles.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 28 Setembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection