Terça, 18 Janeiro 2022

Professora fala sobre carreira e aprendizado na música

Dileuza Guedes Perez, pedagoga e musicista, à frente da escola de música Tecla Som de Valinhos, nos dá entrevista, para a Semana da Música.

De 16 a 22 de novembro, celebramos a Semana da Música no Brasil, que se encerra sempre no dia 22, o Dia do Músico. A data é uma forma de homenagear uma das áreas culturais mais fortes e marcantes do nosso país, a música.

Sempre presente na história da humanidade, a música é uma vertente artística capaz de promover diferentes sensações em quem a ouve. Além de sentimentos como alegria, melancolia, surpresa, espanto, euforia, entre outros, ela também é utilizada como método de socialização e aprendizado didático de crianças.

Como e quando começou sua vida e carreira na música?

Aos nove anos de idade em 1976.

Qual seu local de trabalho e como é seu dia a dia trabalhando com música?

Sou coordenadora pedagógica da Escola de Música Tecla Som.

Quais instrumentos você toca e quais aulas ministra atualmente?

Sou organista e tecladista e atuo como prof.ª dos mesmos e teoria musical.

O que a música significa para você atualmente?

Minha Vida, concluí meus estudos em 1989 e fundei a Tecla Som que esse ano completou 32 anos em Valinhos, todos os dias acordo estimulada a vir para meu trabalho, pois faço com Amor e muita dedicação.

Quem tem interesse, mas tem receio de começar a ter aulas, alguma dica?

Podem iniciar em qualquer fase da vida, hoje a metodologia está muito facilitada para iniciantes e com 10 min de estudo diário, você tem ótimos resultados, muito fácil realizar o sonho de tocar o instrumento musical, é muito importante pois os benefícios da música na vida das pessoas é importantíssimo, possibilita o desenvolvimento pessoal, muito além da sensibilidade, música desenvolve concentração, coordenação motora, equilíbrio emocional.

Você acredita que o aprendizado no meio musical é indicado para crianças?

Sim, nas crianças a música desenvolve o raciocínio lógico e matemático, sociabilidade, disciplina pessoal, entre outros. Crianças têm se destacado na facilidade do aprendizado musical, basta dar oportunidades, trocar o celular e as redes sociais, por um instrumento musical e teremos crianças com cérebro desenvolvido e pessoas sensíveis. Iniciamos a partir de 4 anos.

Qual sua relação com seus alunos e qual Feedback você tem de quem passa pelas suas aulas?

Minha relação com os alunos é de orgulho, um vínculo muito bacana, fico muito feliz, pois tenho nesses 32 anos de profissão formado diversos músicos, que hoje atuam como músicos e professores de música, a satisfação é gigantesca. Feedback é que muitas vezes nos tornamos psicólogos dos alunos, pois nossas aulas são individuais e muitos entram chateados por algum problema do cotidiano e saem felizes e realizados com novas partituras que conseguem tocar em cada aula realizada.

Veja mais notícias sobre Entrevistas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 18 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/