Sexta, 30 Outubro 2020

Ponte Preta volta ao CT após mais de 100 dias e faz primeiro treino com bola

treino Ponte trabalhou em pequenos grupos na retomada dos treinos — Foto: Luiz Guilherme Martins/ PontePress
Ponte trabalhou em pequenos grupos na retomada dos treinos — Foto: Luiz Guilherme Martins/ PontePress
João Brigatti acompanhou a atividade de máscara — Foto: Luiz Guilherme Martins/ PontePress

Depois de mais de 100 dias, os jogadores da Ponte Preta voltaram a pisar no gramado do CT do Jardim Eulina nesta quarta-feira e também puderam matar a saudade da bola.

No primeiro dia de liberação do governo do Estado de São Paulo para atividades presenciais, a Macaca dividiu o elenco em pequenos grupos para trabalhos físicos e também um contato inicial com a bola, com duração de 45 minutos para cada grupo. 

Os goleiros fizeram exercícios específicos para a posição.

Com exceção dos atletas, os outros profissionais, como o técnico João Brigatti, por exemplo, usaram máscara o tempo todo.

Como medidas de segurança, os jogadores chegaram ao CT já uniformizados e realizaram as atividades de pré-treino em área externa – academia, vestiários e refeitório estão fechados.

 Estiveram presentes nesta quarta-feira os quem realizou exames clínicos na semana e também testou negativo para coronavírus. Mas o elenco ainda não está completo. Cinco jogadores estão afastados.

O zagueiro Luizão e os volantes Danrley e Bruno Reis foram diagnosticados com Covid-19 e aguardam passar o período de infecção para realizar novo exame. Já o atacante Roger e o zagueiro Cléber Reis foram afastados por precaução e espera o resultado da contraprova, assim como o preparador de goleiros Betão.

Além deles, o atacante Osman, recém-contratado, também aguarda o diagnóstico do PCR (já deu negativo no sorológico) e vive a expectativa de ser integrado aos treinos já nesta quinta-feira.

Dos novos reforços, participaram da atividade desta quarta-feira o zagueiro Rayan, o lateral-esquerdo Ernandes, o volante Neto Moura e o meia Camilo, principal contratação alvinegra durante a paralisação.
João Paulo mata a saudade da bola no treino da Ponte — Foto: Luiz Guilherme Martins/ PontePress

Veja mais notícias sobre Esportes.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 30 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection