Domingo, 17 Outubro 2021

REPRESENTANTE DO COI NO AFEGANISTÃO QUER RETIRAR ATLETAS DO PAÍS

Uma integrante do Comitê Olímpico Internacional do Afeganistão demonstrou preocupação pública com o futuro da comunidade esportiva feminina no país. Pelas redes sociais, Samira Asghari fez um apelo pedindo apoio para evacuar as atletas, treinadoras e equipes de apoio do Afeganistão.

No último domingo, 15 de agosto, o Talibã voltou ao poder no Afeganistão após 20 anos, o que gerou sérios temores sobre o que isso significará para os direitos das mulheres e o esporte feminino, que o grupo considera não islâmico.

Os impactos, aliás, já foram sentidos por Zakia Khudadadi, que deveria se tornar a primeira atleta feminina a representar o Afeganistão nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. No entanto, por falta de voos para deixar o país, a atleta de 23 anos não poderá mais participar das provas de taekwondo.

Veja mais notícias sobre Esportes.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/