Movimento Escoteiro celebra data mundial

0
312

Escotismo é considerado educação para a vida

Por Thaís Ferrari

No dia 1º de agosto é comemorado o Dia do Escotismo, data que enaltece o trabalho realizado por grupos espalhados em todas as partes do mundo, que contribuem para o desenvolvimento dos jovens em suas comunidades e consequentemente, para uma sociedade melhor. Em Valinhos, existem dois grupos escoteiros atuantes, o Grupo Escoteiro Valinhos 252 e o Grupo Escoteiro Azimute 373. O grupo 252 conta com a participação de 76 jovens e 26 adultos voluntários, e o grupo 373 congrega 83 pessoas.

O chefe escoteiro do grupo 373, Fabio Trevizolli, define a data como uma maneira de divulgação e oportunidade para os indivíduos conhecerem a organização que forma líderes. Já o chefe Robson Luiz Moreira, do grupo 252, afirma que o Dia do Escotismo proporciona aos participantes a lembrança do início do movimento, “foi nesse dia em 1907 que Baden Powell, fundador do Movimento Escoteiro, deu início ao acampamento que daria origem ao que hoje é o maior movimento jovem do mundo, contando com mais de 50 milhões de participantes em mais de 200 países”, relata.

Segundo os chefes voluntários, ser escotista é atuar dentro do movimento escoteiro em diversos âmbitos, de acordo com a necessidade, a favor do desenvolvimento das crianças e adolescentes. “Ser Escotista é ser uma pessoa disposta a melhorar o mundo, iniciando pela sua comunidade. É ter a oportunidade de fazer a diferença, com alegria, diversão e aprendizagem”, define Trevizolli. Quando questionado sobre a função de chefe escoteiro, ele afirma ser uma satisfação, com a recompensa de ver o brilho nos olhos dos jovens superando seus limites no aprender fazendo. Já Moreira acredita ser uma grande responsabilidade, pelo fato dos pais confiarem a eles seus filhos, “é uma honra poder participar da formação desses jovens, que com toda certeza, serão melhores cidadãos”.

“Os jovens dos Grupos Escoteiros de Valinhos vêm trabalhando em nossa cidade há mais de 23 anos em diversas atividades, que diretamente ajudam nossa comunidade, como campanhas do agasalho, arrecadação de alimentos, visitas em outras entidades, atividades ecológicas”, relembra chefe Moreira. Por ser uma causa voluntária, as pessoas interessadas podem ajudar sendo voluntário e participando dos eventos do movimento escoteiro, “reforço que participando você conhece a essência: aprender fazendo, alicerçado nos pilares físico, afetivo, de caráter, espiritual, intelectual e social”, exemplifica Trevizolli. Moreira também ressalta: “quanto mais adultos voluntários nos grupos, mais jovens podem participar, assim aumentando o nosso impacto positivo na sociedade”.

Diversos eventos estão programados para os próximos meses, a nível regional terão as Olimpíadas Escoteiras, Rally dos Lobinhos, Encontro Pioneiro e Acampamento Sênior. Á nível nacional haverá Mutirão Nacional Pioneiro, em Salvador, no mês de outubro, Congresso Nacional de Educação Escoteira, em Campinas na Unicamp, no mês de setembro. Em 2019, acontece nos Estados Unidos o Jamboree Mundial, que deve contar com a presença de mais de 30 mil pessoas de 190 países.
“Todo e qualquer trabalho voluntário é gratificante, mas o escotismo te traz liberdade e rejuvenesce. Você está atualizado com os jovens.”, finaliza chefe Trevizolli.

Como participar

Os grupos escoteiros de Valinhos se reúnem e realizam suas atividades todos os sábados, das 14h às 17h, nos endereços:

Grupo Escoteiro Valinhos – 252

Av. Joaquim Alves Correa 3837 – Santo Antônio

www.facebook.com/gevalinhos252/

Grupo Escoteiro Azimunte – 373

Rua Horácio Sales Cunha, 258 – EMEB Carlos de Carvalho Vieira Braga – Jd Pinheiros (ao lado da UBS Pinheiros)

www.facebook.com/geazimute373/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here